Menu fechado
Mapa do Estado de Roraima Brasil Vestibular1

Mapa do Estado de Roraima

Mapa do Estado de Roraima

Mapas do Brasil – Acessório de Geografia – Mapa do Estado de Roraima

Roraima – Capital Boa Vista
População estimada 2016 514.229
População 2010 450.479
Área 2015 (km²) 224.301,080
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) 2,01
Rendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente 2016 (Reais) 1.008
Número de Municípios 15

 

Alguns mapas, pelo tamanho e complexidade de detalhes, poderão demorar até que a imagem completa fique disponível. Mapa do Estado de Roraima

Mais Informações

Situação geográfica – noroeste da região Norte. Situado numa região periférica da Amazônia Legal, no noroeste da Região Norte do Brasil, predomina em Roraima a floresta amazônica, havendo ainda uma enorme faixa de savana no centro-leste. Localiza-se a oeste do Meridiano de Greenwich e é cortado pela Linha do Equador, sendo que sua capital, Boa Vista, é a única capital brasileira ao norte da Linha do Equador. Seu fuso horário é de menos quatro horas em relação à hora mundial GMT e menos uma hora em relação à hora oficial do Brasil. Cidades principais: Boa Vista, Mucajaí, Alto Alegre e Normandia.

Limites: Venezuela (N e NO); Guiana (L); Pará (SE) e Amazonas (S e O). Tem por limites a Venezuela ao norte e noroeste, Guiana ao leste, Pará ao sudeste e Amazonas ao sul e oeste. Roraima é um estado da Região Norte do Brasil, sendo o estado mais setentrional da federação brasileira. O relevo é bastante variado, situam-se as serras de Parima e de Pacaraima, onde se encontra o monte Roraima, com 2.875 metros de altitude. Como está no extremo norte do Brasil, seus pontos no extremo norte são o rio Uailã e o Monte Caburaí.

Economia – agricultura, pecuária, extrativismo (madeira, ouro, diamantes, cassiterita).
Agricultura: milho e arroz irrigado.
Minérios: ouro.
Indústria: alimentícia, madeireira, confecções e construção civil.
Habitante: roraimense.
Hora local (em relação a Brasília): -1h.
Colonização: índios, portugueses, holandeses e ingleses.

Características: planalto (centro-sul) e maciço das Guianas (N e NO). Por ser bastante diferenciado, o relevo é dividido em cinco degraus: O primeiro degrau abriga áreas do estado de acumulação inundáveis, que não apresentem propriamente uma forma de relevo, mas que estejam cobertas por uma fina camada de água; o segundo degrau seria o pediplano Rio Branco, uma unidade de relevo de enorme expressão na unidade federativa, pois ocupa grande parte de suas terras.

Região Serrana possui vegetação típica de montanhas, onde existem três tipos diferentes de cobertura vegetal levando-se em consideração as margens dos rios. Estas são: Matas de terra firme, Matas de várzea e Matas ciliares. As Matas ciliares são preservadas por lei. As matas de terra firme compreendem as florestas localizadas em terras que não são atingidas pelas enchentes dos rios. As Matas de várzeas são as florestas que cobrem as terras atingidas pelas cheias dos rios. O principal é o Parque Nacional do Monte Roraima, localizado no extremo norte do estado. Com 2.785 metros de altitude, o Monte Roraima é o marco divisor da tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana.

Clima: equatorial a N, S e O e tropical a L. De modo geral, o clima varia de acordo com a região. O clima é equatorial – quente e úmido – nas regiões norte, sul e oeste do território. Em Roraima predomina o clima similar ao dos estados da Região Norte que abrigam a Floresta Amazônica, basicamente equatorial e tropical-úmido.

Rios principais: Possui uma extensa hidrografia. Seu território é fartamente irrigado por 14 rios, sendo estes: Água Boa do Univiní, Branco, Catrimani, Cauamé, Itapará, Mucajaí, Surumu, Tacutu, Ailã, Ajarani, Alalaú, Uraricoera, Urubu e Xeruini, Grande parte dos rios da região possui uma grande quantidade de praias no verão, ideais para o turismo e lazer.

De uma forma abrangente, na parte ocidental e meridional prevalece a Floresta Amazônica, apresenta três tipos de coberturas vegetais, sendo todas bem distintas. Ao sul do estado, encontramos uma floresta tropical densa e abundante entrecortada por rios caudalosos, com uma rica fauna e flora. Na região central roraimense, o domínio dos campos gerais, lavrados ou savanas, existindo ainda lagos e riachos. A vegetação vai mudando e se tornando menos densa, em direção ao norte. A flora do estado de Roraima é dividida em: Floresta tropical amazônica, Campos gerais do rio Branco e região Serrana.

Os diversos ambientes da região contribuem para a formação da fauna roraimense: Florestas tropicais amazônicas, onde encontram-se animais como onça, anta, caititu, jacaré, gato maracajá, lontra, veado, macacos, entre outras espécies. A flora do estado de Roraima é dividida em três blocos: Floresta tropical amazônica, Campos gerais do rio Branco e região Serrana. A Floresta tropical amazônica compõe-se de floresta densa e úmida típica do baixo Rio Branco, estendendo-se pela região sudoeste do estado e penetrando em parte do território do Amazonas. Mapa do Estado de Roraima

Publicado em:Acessórios,Atlas Geográfico

Você pode gostar também