Menu fechado
Fies Como funciona o programa Financiamento Estudantil Vestibular1

Como funciona o programa

Como funciona o programa

Perguntas mais frequentes: Como funciona o programa

 

O Fies foi criado para substituir o Creduc (Crédito Educativo), que no seu último ano financiou os estudos de 29,30 mil alunos universitários.

O aluno beneficiado pelo programa é escolhido com base em critérios sócio-econômicos e pode ter sua mensalidade custeada pelo governo em até 70% de seu valor. O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa, criado em julho de 2001, pelo MEC (Ministério da Educação) com o objetivo de financiar estudantes para cursos superiores não gratuitos com avaliação positiva no Sinais (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior).

As condições do financiamento para novos contratos serão concedidos com recursos do Fies, neste segundo semestre com taxa de juros de 6,5% ao ano. Durante o curso, o estudante deve pagar, a cada três meses, o valor máximo, referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento.

O valor financiado – acrescido de juros – deverá ser restituído pelo estudante somente após a conclusão de sua graduação, em prazo que varia de acordo com a duração do curso. No caso de um curso de quatro anos, o estudante terá até seis anos para saldar sua dívida, sempre a partir da obtenção do diploma.

Após a conclusão do curso, o estudante terá 18 meses de carência para começar a pagar o financiamento. Nesse período, deve continuar pagando, a cada três meses, o valor mínimo contratado, referente aos juros que incidem sobre o financiamento. Encerrado o período de carência, o financiamento pode ser pago pelo estudante em até três vezes o período financiado do curso.

O estudante que consegue obter o financiamento do seu curso universitário pelo programa do Fies tem que cumprir algumas obrigações. Em primeiro lugar, deve estar regularmente matriculado no curso, não podendo afastar-se da faculdade por um período superior a um ano. O Fies exige, também, que o estudante obtenha, após ingressar no programa, um bom desempenho acadêmico com, no mínimo, 75% de aprovação nas disciplinas.

O universitário interessado tem que, em primeiro lugar, se informar se sua universidade aderiu ao Fies. Acesse o MEC para saber se a instituição de ensino de seu interesse é credenciada pelo programa.

Caso a universidade esteja inscrita, o próximo passo é requerer o financiamento, inscrevendo-se pelo site do MEC. Veja outras dicas no menu ao lado.

 

As informações foram fornecidas pelo MEC, mas pode haver alterações posteriores. Datas e horários devem ser sempre confirmados no site www.mec.gov.br.

Veja também o Como faço para me inscrever no FIES

Visite nossas páginas de bolsa de estudos, onde você encontra outros modos de estudar financiando seu curso na faculdade de outros modos com bolsas que podem chegar até a 100%. (clique aqui)

Depois de saber sobre Como funciona o programa do Fies, não deixe de ver mais informações neste canal e acesse também a seção do Enem.

 

Publicado em:Fies

Você pode gostar também