Edudacor dá dicas para potencializar chances pelo SISU - Vestibular1

Edudacor dá dicas para potencializar chances pelo SISU

Edudacor dá dicas para potencializar chances pelo SISU

Edudacor dá dicas para potencializar chances pelo SISU

Não alcançou a nota de corte? Edudacor dá dicas para potencializar chances pelo SISU

As inscrições do Sisu, sistema de ingresso em instituições públicas que, dá possibilidade de escolha de dois cursos. E esse período é crucial para o candidato que fez o Enem. Muitas vezes, surgem dúvidas, incertezas e até dificuldade de escolher com precisão a universidade pelo Sisu, principalmente, quando a nota de corte para o curso tão ambicionado não é alcançada.

Apesar das vagas distribuídas em universidades públicas de todo o país, a novidade é que o candidato selecionado em qualquer uma das duas opções não poderá participar da lista de espera, diferentemente do ano passado, quando os selecionados na segunda preferência permaneciam na lista e mantinham a chance de ser escolhido na primeira opção.

Os candidatos têm que estar atentos a essa mudança. A dica é se inscrever no que realmente deseja trabalhar, entendendo que a universidade é o período em que se vai estudar para ter uma profissão. Tanto a primeira quanto a segunda opção têm que ser marcadas com o que o estudante desdeja ou tem afinidade.

Luiz Rafael selecionou dicas ímpares para ajudar o estudante nesse momento tão estratégico.

“Nesta época do ano, próxima a inscrição do Sisu, observamos uma série de dúvidas, incertezas, ansiedade e, em alguns casos, tristeza por parte dos candidatos que tentaram uma vaga em alguma das universidades contempladas por este programa de ingresso. O ideal é sempre se inscrever no curso desejado dentro da universidade aspirada, mas nem sempre as coisas saem como ambicionamos e, por isso, é necessário agir com estratégia, entendendo as possibilidades e oportunidades que esse processo pode trazer.

Inicialmente, é preciso entender que o Sisu utiliza as notas obtidas no Enem e faz uma série de cruzamentos de dados com as universidades federais para que elas possam utilizar esses conceitos, jogando sobre eles os pesos necessários para cada área do conhecimento para o ingresso nos diferentes cursos. Se você gostaria de passar em Biologia, por exemplo, saiba que o peso da pontuação obtida na área de Ciências da Natureza será determinante para sua aprovação. Mas é claro que as notas de corte variam de acordo com os cursos, com as universidades e com os turnos oferecidos, e é nesse aspecto que devemos usar de forma estratégica os pontos obtidos.

Não obter a nota de corte na universidade ou no turno desejado não é o fim do caminho para você conseguir fazer o seu curso. O sistema permite que você acompanhe de forma simulada as possibilidades de ingresso em outra universidade e outros turnos, que podem ter notas de corte menores, o que ajuda na realização do desejo de formação acadêmica. Contudo, é importante levar alguns aspectos em conta no momento da seleção:

1 – Caso a universidade não fique tão próxima de casa, ou em outro município, ou até mesmo outro estado, você ou sua família tem condição de arcar com os eventuais custos?

2 – Ir para outro turno complicará outras questões da sua vida, como trabalho, cursos, entre outros fatores que podem ser de maior prioridade?

3 – Morar longe vai permitir receber suporte emocional suficiente para aguentar o mínimo de quatro anos?

4 – O fato de você não estudar na universidade que deseja é empecilho para fazer esse curso?

Se a pontuação suficiente para alcançar o curso desejado não for alcançada, o que fazer? Vejo duas opções: Permanecer mais um estudando para ingressar no próximo ano ou escolher algum curso afim, mas com menor concorrência para que você possa estudar de forma mais aprofundada alguns conteúdos e, quem sabe, gostar do curso e querer finalizá-lo. Por mais que a segunda opção pareça agradável, muitas das vezes ela se torna uma pedra no sapato do estudante. Muitos escolhem essa opção e, por se dedicar aquele novo curso, não têm tempo para estudar para um próximo vestibular e acabam se decepcionando no meio do caminho. Escolhas nunca são fáceis, mas é necessário muita calma e planejamento para se tomar a melhor decisão” conclui o coordenador do Mopi.

Veja mais canais: FiesProuni e Sisu.

Edudacor dá dicas para potencializar chances pelo SISU

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta