Menu fechado
Tendência de Carreiras - Estudos de Mídia

Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia

Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia – Curso

Objetivos: O curso de Estudos de Mídia tem como objetivo principal proporcionar ao aluno fundamentos analíticos sólidos acerca dos meios de comunicação, tendo em vista diferentes aspectos, tais como: a dimensão institucional/organizacional dos meios de comunicação; o seu contexto cultural e histórico; as diferentes linguagens midiáticas; os seus fundamentos tecnológicos; problemas de natureza ética relacionados ao modo de inserção dos meios de comunicação na vida social.

Mercado de Trabalho para Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia : O bacharel em Estudos de Mídia estará apto para atuar, junto a empresas e outras instituições, como analista e consultor de mídia. Caberá a este profissional diagnosticar problemas ou limites relativos aos meios de comunicação, tendo em vista aspectos organizacionais, tecnológicos e de linguagem, bem como analisar o seu impacto sobre a sociedade.

Justificativa: O curso de Estudos de Mídia atende a uma demanda que se apresenta atualmente – em um cenário marcado por inovações radicais e convergência tecnológica, pelo desenvolvimento de novas formas expressivas, pela importância decisiva do papel que os meios de comunicação desempenham no processo, pela instrumentalização política desses meios, quer para fins de controle, como um catalisador do debate político ampliado ou como recurso a serviço de formas diversas de contestação e resistência – por profissionais capacitados a lidar com os fenômenos midiáticos de forma integrada.

Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia – Profissional

– Atua no campo da comunicação de maneira global

– Ambiente midiático dinâmico e cambiante – profissional com capacidade analítica superior.

– Diversos campos não necessariamente contemplados pelas habilitações da comunicação social: comunicação política, gestão de políticas de educação à distância, indústria fonográfica, novos campos de atuação em torno da massificação do uso do computador; campo das convergências de linguagem (videoclipes, reality shows, etc), entre outras atividades tradicionais não circunscritas a detentores de diplomas específicos.

– Pesquisa acadêmica.

Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia

O perfil desse profissional difere do profissional de Comunicação Social de duas maneiras principais:

1) diferentemente dos profissionais de Comunicação Social, formados para desempenhar tarefas específicas, circunscritas no âmbito de uma habilitação determinada, o profissional de Estudos de Mídia desenvolve uma perspectiva totalizante e integradora acerca dos meios de comunicação. A sua formação os capacita, assim, de modo privilegiado, a traçar estratégias e exercer papéis de coordenação em campanhas midiáticas.

2) de modo distinto do que ocorre com o profissional de Comunicação Social, cuja formação enfatiza o treinamento nas técnicas correntes de sua habilitação, a formação do profissional de Estudos de Mídia enfatiza o caráter efêmero e cambiável das técnicas midiáticas, e o incita a desempenhar um papel ativo na sua transformação.

Estrutura Curricular em Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia: O curso de Estudos de Mídia valoriza a participação ativa do aluno na montagem do seu próprio curso, através de uma estrutura curricular flexível. Essa flexibilidade se traduz, em primeiro lugar, no peso considerável que a estrutura curricular atribui às disciplinas optativas e eletivas.

As disciplinas obrigatórias se concentram principalmente nos dois primeiros semestres letivos do curso. Tal política obedece a dois objetivos principais:

1. dado que as disciplinas obrigatórias têm como propósito central fornecer fundamentos conceituais para as demais disciplinas, é mais lógico que sejam oferecidas antes delas;

2. permitir aos alunos ampla liberdade na montagem dos seus horários, a partir do terceiro semestre letivo.

Outra característica distintiva da estrutura curricular de Estudos da Mídia é o destaque que ela dispensa ao Trabalho de Conclusão de Curso – uma monografia a ser feita pelo aluno sob a orientação de um professor do curso – que corresponde a horas/aula, desdobradas em semestres letivos.

O curso inclui ainda a creditação de Atividades Acadêmicas Complementares (AAC). Incluem-se, aí, atividades de pesquisa, monitoria e extensão, apresentação de trabalhos em eventos acadêmicos, participação em seminários promovidos pelo curso e estágios, dentre outras atividades.

Comissão Tutorial: A fim de permitir ao aluno tirar o máximo partido da flexibilidade da estrutura curricular, o curso conta com uma Comissão Tutorial, composta por três docentes, um dos quais o Coordenador do curso.

Cabe à Comissão Tutorial desempenhar um duplo papel:

1. orientar os alunos quanto à natureza do curso, de um modo geral, e das disciplinas oferecidas, em particular, a fim de garantir a eles as melhores condições para uma escolha consciente;

2. avaliar a demanda discente, de modo a permitir a melhor adequação possível da oferta de disciplinas a ela.

Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia

Organização da Estrutura Curricular: A Estrutura Curricular do curso prevê a integralização, pelo aluno, de um mínimo de 2.720 horas/aula, assim distribuídas:

a) aulas cursadas em 11 disciplinas obrigatórias.

b) aulas cursadas em 25 disciplinas optativas ou eletivas, das quais no mínimo 19 devem ser cursadas na cota das disciplinas optativas.

c) aulas correspondentes ao Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

O curso prevê ainda a creditação de horas-aula em Atividades Acadêmicas Complementares (AAC), a serem debitadas da cota de disciplinas optativas.

Assim, a título de exemplo, um aluno que tenha optado por cursar a carga máxima de disciplinas eletivas e tenha obtido a máxima creditação referente às AAC poderá se titular com o seguinte perfil de carga horária:

Áreas Temáticas: A grade de disciplinas do curso de Estudos de Mídia inclui cerca de 150 disciplinas.

Essas disciplinas estão divididas em 5 Áreas Temáticas:

1) Gestão Midiática: tem como foco a análise dos meios de comunicação sob um aspecto organizacional e institucional.

2) Comunicação, Cultura e História: lida com a análise do ambiente cultural e histórico de atuação dos meios de comunicação.

3) Linguagens Midiáticas: tem como objeto a diversidade das formas expressivas utilizadas no âmbito dos meios de comunicação.

4) Tecnologias da Comunicação: considera os fundamentos tecnológicos da mídia, tendo em vista a diversidade dos seus usos sociais.

5) Ética e Mídia: problematiza questões de cunho ético relacionadas à mídia e seu modo de atuação na sociedade.

Um sexto conjunto de disciplinas – agrupadas sob a rubrica Metodologia da Pesquisa – apresenta os fundamentos metodológicos e principais procedimentos de pesquisa no campo da comunicação.

Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia – Áreas Temáticas:

A grade de disciplinas do curso de Estudos de Mídia inclui cerca de 150 disciplinas.
Essas disciplinas estão divididas em 5 Áreas Temáticas:
1) Gestão Midiática: tem como foco a análise dos meios de comunicação sob um aspecto organizacional e institucional.
2) Comunicação, Cultura e História: lida com a análise do ambiente cultural e histórico de atuação dos meios de comunicação.
3) Linguagens Midiáticas: tem como objeto a diversidade das formas expressivas utilizadas no âmbito dos meios de comunicação.
4) Tecnologias da Comunicação: considera os fundamentos tecnológicos da mídia, tendo em vista a diversidade dos seus usos sociais.
5) Ética e Mídia: problematiza questões de cunho ético relacionadas à mídia e seu modo de atuação na sociedade.
Um sexto conjunto de disciplinas – agrupadas sob a rubrica

Tendência de Carreiras – Estudos de Mídia – Metodologia da Pesquisa – apresenta os fundamentos metodológicos e principais procedimentos de pesquisa no campo da comunicação.

Indicação de Ana Carolina Marques Bull

Veja mais em carreiras:

Cinema e Vídeo
Dança
Fotografia
Jornalismo
Oceanografia
Produção Editorial
Produção e Marketing Cultural

 

Publicado em:As Tendências

Você pode gostar também