Menu fechado
Tendências de Carreiras - Medicina

Tendências de Carreiras – Medicina
Oriente-se entre carreiras em alta!

Faculdades: 88

Média de vagas: 8.500

Média de candidatos: 200.000

Formandos por ano: 8.000

Profissionais no mercado: 300.000

Salário no auge: R$ 15.000

Auge da carreira : 15 anos

Tendências de Carreiras – Medicina

As tendências de carreira – medicina, que começa com a especialização, sim, mas de olho no doente. Com o aumento da expectativa de vida, no Brasil, cresce a procura pelas especialidades relacionadas à velhice: geriatria, cardiologia, oncologia ou ortopedia.

Outras áreas em expansão são aquelas sob o domínio da alta tecnologia, como oftalmologia e alguns tipos de cirurgia. Com o desenvolvimento da Internet, há também uma demanda de consultores para sites especializados dirigidos para médicos. Suas perspectivas atuais profissionais são numerosas, pode atuar na área de prevenção, no tratamento e como integrante de equipes de planejamento, supervisão e avaliação de programas de saúde e campanhas de saúde.

Além do estudo e da especialização, é preciso ter o dom. Quem não tem mão deve ficar longe dos bisturis. Quem acha que os exames resolvem tudo talvez precise fazer um curso complementar de psicologia. A medicina é também uma ciência humana. Traduzindo: o bom médico sabe ouvir seu paciente e, mais do que isso, sabe interpretar o que ouve. Dados da Sociedade Brasileira de Clínica Médica mostram que uma boa conversa pode ser bem melhor do que um punhado de exames.

De cada dez diagnósticos, oito podem ser resolvidos durante uma entrevista bem feita, coisa que os recém formados só vão aprender com o tempo, pois só o tempo faz o bom médico. Muitos dizem que já se identificam com a carreira desde cedo, estudando biologia, onde aparece a sensação subjetiva da vocação, mas para ser um médico de primeira linha, tem de estudar muito, no curso, na residência, no mestrado, no doutorado, cursos de especialização e aí vai.

Além disso, deve ter disposição para trabalhar em dois ou três empregos, até conseguir abrir um consultório particular, para trabalhar mais. Sem dizer nos plantões de fins de semana em hospitais diversos. Enfim a medicina atual exige mais de seus candidatos: dedicação, idealismo, disposição e conhecimento científico aprimorado.

Dicas para Tendências de Carreiras – Medicina: Medicina é uma profissão cujo nome da faculdade onde se estudou acompanha o profissional para o resto da vida. Ter cursado uma escola renomada ajuda a carreira. E nas boas faculdades a relação candidato/vaga ultrapassa 100 para um.

Vencido o vestibular, vem o curso, sem dúvida a mais puxado de todos. São seis anos, quarenta horas por semana, período integral. Depois da graduação, é hora da residência médica, que pode durar de dois a quatro anos. Com o diploma na parede e título de especialista, tudo resolvido? Não.

O bom médico não para de estudar nunca. Vive em congressos, participa de pesquisas acadêmicas, escreve artigos científicos, faz cursos, assina revistas especializadas para não ficar desatualizado.

Veja mais em carreiras:
Administração Hospitalar
Administração em Seguros e Previdência
Biologia
Bioinformática – informática biomédica
Ciências
Ciências Biológicas
Ciências Físicas e Biomoleculares
Fisioterapia
Fonoaudiologia
Medicina
Medicina Veterinária

 
Tendências de Carreiras – Medicina

Publicado em:As Tendências

Você pode gostar também