Influências - Vestibular1

Influências

Influências

Guia de como escolher a profissão

Somos constantemente influenciados por diversos fatores sócios culturais, tais como: amigos, mídia, modelos de professores, etc. Nesta idade os jovens estão tentando descobrir ainda a própria identidade e acabam sujeitos às mais variadas influências no momento de tomar a decisão.

Que fique claro que afinidade ou estar interessado por um tipo de profissão, obedece a uma conjuntura têmpora – espacial que estamos atravessando e que pode não ter nada a ver com a autêntica vocação profissional. Bastará que essas circunstâncias mudem para que também deixemos de sentir tal interesse. A “atitude de conveniência” é sempre motivada por um incentivo ou estimulo artificial, obedece, quase sempre, ao simples cálculo de vantagens materiais. Por isso, nesse momento é interessante que você busque maiores informações e observe mais suas características, para verificar aquilo que você realmente quer. O que você tem que responder é sobre seus verdadeiros gostos e interesses.

Às vezes um professor de uma determinada disciplina é muito bom e nos deixa empolgados quanto a uma disciplina ou profissão, mas isso não quer dizer que pelo fato de estar gostando da aula dele e da disciplina, você deva escolher uma profissão relacionada ao que é ministrado na sala de aula. O contrário também acontece, às vezes não gostamos de uma disciplina devido ao professor que a ensina e nem por isso temos que odiar a matéria e os cursos que são centrados nela. Procuresempre tentar entender o que está acontecendocom você em relação a isso.

Alguns jovens se deixam influenciar pela concorrência nos cursos. Isso causa um desconforto na hora da escolha pelo simples fato de poder representar um fracasso inicial. Por exemplo, o curso de Medicina é muito concorrido. Mas não pense que é difícil só paravocê, se você perguntar para os alunos de Medicina de universidades pública, a maioria fez pelo menos dois anos de cursinho. Assim, seria interessante se você conversasse com um médico ou coordenador dessa área para que você tenha uma ideia das disciplinas de umcurso de Medicina. No entanto, uma coisa é certa, em um curso de Medicina praticamente tudo está relacionado à Biologia. Se você percebe que não gosta de estudar essa disciplina, fica difícil você gostar de um curso em que o estudo de Biologia é central. Por isso, seria interessante você pensar sobre isso na carreira pela qual deseja disputar uma vaga, seja qual for o curso.

Você pode se perguntar, o que mais te agrada em estudar será também o que te deixará gratificado e honrado no exercício de uma profissão, no momento de lidar com o escolhido no dia-a-dia? Tais perguntas são bem interessantes, mas um pouco difíceis para serem respondidas. Difíceis, por se tratar de algo pessoal. O que ébom para alguns pode não representar o mesmo para outras pessoas.

A remuneração é um fator de extrema consideração, porém não é o único determinante. Escolher uma profissão apenas por dinheiro pode ser perigoso, na medida em que você deverá ser um profissional que trabalhará possivelmente oito horas por dia e durante um bom tempo de sua vida. Por isso, fazer algo que nãolhe é agradável pode implicar em pelo menos duas coisas: ser infeliz naquilo que está fazendo e não ter satisfação naquilo que está fazendo. Além disso, como fazer bem aquilo que não se gosta, como ser um bom profissional se não houver prazer em exercer a profissão que foi escolhida?

Os pais devem participar do processo de influência na escolha profissional, mas deve se evitar que ocorra a chamada tradição: “Tal pai, tal filho”. Devem sim participar oferecendo condições aos seus filhos para conhecerem, decidirem e principalmente, respeitarem e apoiarem a escolha, mesmo que não seja aquela que foi sonhada por eles. Assim fazendo será uma influência positiva.

Lembre-se que para sabermais sobre as profissões que você tenha interesse, hávárias fontes de informações: sites de internet, guias e manuais de universidades, entrevistas com alunos e profissionais de cursos, etc. Procure conversar com profissionais das áreas e coordenadores desses cursos. Esses profissionais têm melhores condições de falar sobre mercado de trabalho, perspectivas profissionais, e responder a outras curiosidades que você possa ter em relação aos cursos e carreiras, pois uma escolha mais consciente se dá à medida que você adquire maior conhecimento sobre as profissões e consegue descrever suas características (habilidades, interesses).

 

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta