Menu fechado
Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando) por Vestibular1

Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando)

 

Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando)

Hora do Recreio – Fique por dentro!

Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando)

Cuidado, fácil contágio!
O Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando) é um parente longínquo do SQIV. Como seu primo, é altamente contagioso.

Você está contaminado? Confira!

Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando)

O principal grupo de risco são jovens de 16 a 22 anos, a infecção é mais comum em pacientes adolescentes, geralmente mais sensíveis ao vírus, mas pode contaminar indivíduos de todas as idades.

Os principais sintomas são insônias compulsivas, acompanhadas de uma vontade incontrolável de permanecer sobre os livros 24 horas por dia. Neuroses relacionadas a fórmulas matemáticas e resumos de livros também são comumente diagnosticadas.

Hora do recreio, aspecto do aluno infectado pelo QIV.
Foram observadas reações alérgicas a faculdades com um baixo nível de ensino e cursinhos que não preparam o aluno adequadamente para o vestibular.

Reações adversas: os seguintes eventos adversos foram raramente relatados e não podem ser distinguidos da história natural da doença provocada pelo Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando): Foram observados alguns casos de náuseas de fórmulas químicas e cálculos estequiométricos. Essas reações são de pequena intensidade e ocorreram em ocasiões muito raras e geralmente regridem sem necessidade de tratamentos.

Reações contra fatos históricos são leves e de moderada intensidade, sendo seus efeitos colaterais mais comum: mudança de humor ou em especial prisão de ventre.

Atinge o sistema nervoso central ocasionando: confusão, tontura, cefaléia de baixa intensidade, pesadelos com fórmulas, alucinações de ilusões opticas, e distúrbios na memória.

A síncope deve ser tratada mantendo-se o infectado em uma sala de aula ou em um plantão de tira-dúvidas até que recobre seu estado mental natural.

Entretanto, a relevância clínica destes eventos ainda não estão elucidadas. Não existe na literatura, dados suficientemente seguros que o vírus provoque alterações em exames vestibulares e simulados.

Precauções e Advertências para o Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando):
O tratamento mais indicado é a visita regular à seção Hora do Recreio. Para maior eficácia, recomenda-se visitar também as demais seções do Vestibular1.

Descongestione seu cérebro aliviando as tensões navegando mais nesta seção Hora do Recreio. É conveniente que a posologia seja rigorosamente observada, principalmente nos alunos “cdf”, salvo modificações a critério do professor.

Caso persistir os sintomas, consulte um psicólogo. Ou peça ajuda para o V1 e coloque para fora todas as neuroses e relaxe.

Virus QIV (Quociente de Inteligência do Vestibulando)

Publicado em:Hora do Recreio

Você pode gostar também