Menu fechado
As emoções do primeiro vestibular com Vestibular1

As emoções do primeiro vestibular

As emoções do primeiro vestibular

Festejado e temido ao mesmo tempo, As emoções do primeiro vestibular é um marco na evolução do jovem. A partir desse momento, eles começam a conquistar a vida adulta. O Vestibular é sempre uma experiência única e original para cada jovem.

Essa estréia no vestibular é um acontecimento cercado de expectativa e apreensão. Os preparativos contagiam a família e, na Hora H, os pais também sentem um nó na garganta. O jovem esforça-se para conter a ansiedade, o nervosismo e outros sentimentos que no momento afloram. As transformações acarretadas pelo vestibular podem deixar o jovem inquieto e apreensivo. Mas quase todos os seus temores são fáceis de superar. Muitos mantém a calma, mas é difícil resistir ao friozinho na barriga. Do lado de fora, os pais vê seu filho sumir num corredor em direção à sala de exame. Sente ao mesmo tempo alegria e medo; sabe que vai iniciar um processo importante na vida do filho: ele ensaia seu primeiro voo, dá o primeiro passo para a emancipação profissional.

A impressão que o jovem tem ao chegar à sala de provas no primeiro dia é a de uma sala enorme, estranha, cheia de gente que não lhe dá muita atenção. Mas ele acaba por perceber que todos ali ainda não se adaptaram-se ao novo ambiente, onde será travada uma luta silenciosa contra os conhecimentos adquiridos que estarão lhe cobrando pelo aprendizado. Para sentir-se seguro, ele precisa contar com o apoio da memória.

Muitas vezes, o jovem, mesmo antes já treinou simulados, já delineou uma imagem da prova. Isso é motivado pelas várias referências ouvidas de outras pessoas, dos professores, nas escolas, nos cursinhos. Na imaginação do jovem que é marinheiro de primeira viagem, a misteriosa figura da prova vai, a partir dessas informações, tomando corpo.

O jovem percebe ao longo do exame, que uma pergunta, que não sabe nem por onde começar a responder, causa certa perturbação, o que não ocorre e não atinge um grau de ansiedade igual quando se está fazendo um treino ou um simulado. Porém se está habituado a lidar com questões desse tipo, o vestibulando desenvolve um padrão de comportamento, buscando responder primeiro o que sabe melhor, o que lembra primeiro, desenvolvendo assim a impressão de que está indo bem na prova, levando vantagens sobre seus colegas sem esses antecedentes. A familiaridade com o exame, irá favorecer o jovem, pois se sentirá adaptado a um padrão de comportamento.

Mas disso tudo não se deve concluir que os que não treinam, estão prejudicados no resultados. Porém sabendo lidar com a hora H; o vestibulando sente-se muito mais estimulado, sente-se confiante e equiparado a seus competidores. Acredita-se que isso também suaviza o choque com o ambiente estranho.

Apoiado pelos que o cercam e conscientes das barreiras a transpor, o vestibulando terá um exame tranquilo.

 

Você conferiu As emoções do primeiro vestibular, veja mais em nosso site: Especial Bolsas de Estudo – Visite a seção! Como fazer uma Redação Nota 10!!! Estude com nossas Vídeo Aulas. Teste seu vocabulário – Confira!

Recomendação, Dúvidas, Sugestões, Reclamações deixe um comentário para o Vestibular1

Faça revisão das matérias conosco, Veja links da Carreira, Visite cursinhos, Visite Enem, Faça um Tour virtual.

Publicado em:Orientações

Você pode gostar também