Menu fechado

Cursos da UEPG têm estrelas no Guia do Estudante

Calendário dos vestibulares

Não perca essa!

O Vestibular1 vai tornar seus sonhos realidade!

Vinte e dois cursos da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) são estrelados pelo Guia do Estudante (GE), da Editora Abril. Os cursos de Agronomia e Serviço Social da instituição receberam classificação cinco estrelas (nota máxima) na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante. A UEPG registra, na avaliação, com quatro estrelas os cursos de Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia de Materiais, Farmácia, Jornalismo, Odontologia e Pedagogia. Na avaliação do Guia do estudante, os cursos de Administração, Ciências Farmacêuticas, Educação Física, Enfermagem, Engenharia de Alimentos, Engenharia Civil, Física, Geografia, História, Química, Sistemas de Informação e Turismo. Os cursos avaliados vão constar da publicação GE Profissões Vestibular 2011 – que vai circular nas bancas a partir de 5 de outubro.

Para a professora doutora Jussara Ayres Bourguignon, membro do Colegiado do Curso de Serviço Social, alguns fatores interferem na avaliação dos cursos, como investimento na qualificação dos docentes (doutores e mestres); articulação da graduação com a pós-graduação – o departamento tem professores que integram o corpo docente do Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas; desenvolvimento de projetos de extensão e pesquisa; estimula à iniciação científica (PIBIC, PPROVIC e BIC); comprometimento dos professores em publicar sua produção acadêmica; permanente processo de avaliação interna, envolvendo alunos, professores e profissionais; e acompanhamento sistemático do estágio acadêmico, tanto por parte do corpo docente, como pelos profissionais que os recebem nos espaços sócio-ocupacionais. Do significado do curso estar como cinco estrelas na avaliação do GE, ela assinala que se trata de reconhecimento de um trabalho continuado do corpo docente em relação ao processo de formação profissional, bem como com as demandas da categoria e atendimento às questões sociais regionais.

Jussara Bourguignon explica que o processo de formação profissional do curso desenvolve-se comprometido com o projeto ético-político da categoria profissional defendido pela Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS) e Conselho Federal de Serviço Social (CFESS). Do perfil do curso, ela observa que vem formando profissionais engajados pelos direitos humanos, na defesa da justiça social e cidadania. “São profissionais que atuam na formulação, implementação e avaliação das políticas públicas”, diz Jussara, destacando que atuam na formação e articulação da Rede de proteção Social. Também ressalta que os profissionais e professores têm investido no desenvolvimento de pesquisas sociais no âmbito da saúde, assistência social, criança e adolescente, terceira idade, direitos humanos, gênero, meio ambiente, integração regional no Mercosul – e em temas de caráter interdisciplinar. Definindo o curso como comprometimento ético-político com a qualidade da formação profissional, pesquisa, extensão e demandas sociais, a professora Jussara observa que muitos dos professores e profissionais egressos ocupam espaços representativos na própria UEPG e em instâncias deliberativas de políticas públicas.

Ética com Qualidade

Apresentando o curso com a indicação ‘ética com qualidade’, a professora doutora Neyde Fabíola Balarezo Giarola, do Departamento de Ciência do Solo e Engenharia Agrícola da UEPG, considera que o corpo docente permanente seja um dos principais determinantes do nível alcançado pelos alunos do curso de Agronomia. Da satisfação por estar no curso de Agronomia – cinco estrelas no GE, ela registra que a divulgação em nível nacional permite atrair um número maior de interessados em concorrer às vagas oferecidas e, por sua vez, aumentar o nível dos alunos ingressantes no curso. Considerando a importância da classificação máxima do curso no GE, Neide Giarola destaca que essa posição desperta o interesse das empresas por profissionais formados em cursos oferecidos por instituições fora do eixo Rio-São Paulo, onde estão as universidades consideradas de excelência do país.

Referindo-se ao perfil do curso, Neide Giarola explica que Agronomia forma profissionais direcionados à realidade agrícola brasileira. “É um curso que se preocupa em formar profissionais capacitados para atender à demanda das diferentes regiões produtoras do Brasil”. Ela enfatiza que, nessa direção, há o suporte do corpo docente, em sua grande maioria permanente e com dedicação exclusiva, composto por doutores que coordenam ou participam ativamente de grupos de pesquisa científica aplicada, bem como em trabalhos de extensão universitária em diferentes regiões do estado e do país. No tocante à maneira como o curso se moderniza para enfrentar os desafios diários da área e para manter posição de destaque no ensino superior, Neide Giarola explica que a modernização vem sendo conquistada, principalmente pelo corpo docente, por meio da viabilização de projetos de pesquisa financiados por órgãos de fomento e da aplicação dos recursos obtidos na melhoria da infraestrutura dos laboratórios e em bolsas de pesquisa para alunos de graduação e pós-graduação.

Avaliação GE

Há mais de 20 anos o Guia do Estudante (GE) registra a avaliação de cursos superiores. Para 2010 (em sua 22 edição), a avaliação GE ganha publicação no GE Profissões Vestibular 2011. O GE avalia os cursos superiores que atendem a três critérios: (3) ter titulação de bacharelado (com exceção de Pedagogia e Educação Física – que são consideradas prioritariamente as licenciaturas); bacharelado e licenciatura (oferta simultânea); titulação específica da profissão; e formação de psicólogo; (2) ter turma formada há pelo menos um ano (data de conclusão da primeira turma igual ou inferior a dezembro de 2008); (3) ter turma (s) em andamento e que sejam presenciais. Após definição dos cursos que participam da avaliação, a redação do GE contata os coordenadores de curso (por e-mail e telefone) e solicita o preenchimento de questionário (eletrônico) com dados específicos sobre o curso, a exemplo de titulação do corpo docente e produção científica. São dados que não são pontuados pelo GE para efeitos de avaliação – mas disponibilizados aos pareceristas como suporte no processo.

Do corpo de consultores do GE, participam docentes, coordenadores de curso, diretores de departamento e avaliadores do MEC. Tem preferência os consultores que possuem currículo cadastrado na Plataforma Lattes do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e constam do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (BASis). Foram 3008 pareceristas, em 2010.

Cada consultor classifica os cursos que recebe para avaliação com os conceitos excelente (cinco estrelas), muito bom (quatro estrelas), bom (três estrelas), regular, ruim e “prefiro não opinar”, com base no questionário preenchido pelos coordenadores. Para converter os conceitos em estrelas, os pareceristas fazem uma média dos conceitos que cada curso recebeu. Na realização da avaliação, o GE conta com o apoio técnico do Ibope Inteligência – responsável pela consultoria técnica na coleta, sistematização e análise de dados, e a PrimewaterhouseCoopers verifica todo o resultado da pesquisa.

Vestibular da Mauá

Vestibular Cruzeiro do Sul

FMU com 30 estrelas

Tecnoparty Unitau

Parceria na QI

Brasil é o atual foco

Gestão Estratégica

Importações e Exportações

Despacho Aduaneiro

Técnicas de Comunicação

FAI na SEMEAD

Vestibular da Unitau

Processo Seletivo da FMU

Vestibular da PUC Minas

Passeata Ecológica

Semana das Engenharias

Contabilidade de Custos

Vazamentos de petróleo

Vídeo Aulas grátis no Vestibular1

Preparação e conteúdos para provas de vestibular

O Código de Ética para Vestibulando

Depoimentos sobre o Vestibular1 – Deixe o seu também!

Conheça o Exclusivo

Guia de Como Escolher a Profissão

Revise com Vestibular1, e tenha um aprendizado empolgante para Vestibular e Enem

Visite a página de Opção de Carreira Navegue também pelas carreiras

Veja também links de carreiras Veja as tendências de carreiras

Publicado em:Notícias

Você pode gostar também