Menu fechado

O mundo fez-se na estrutura de cinco palavras: pergunta, resposta, ação, reação e conveniência.

Não perca essa!

ECONOMIZE R$ 99,9% NA CAMPANHA

O Brasil deveria ser governado pelos professores…

Por votos: Os diretores (as) das escolas apresentariam sugestões via e-mails… Um comando específico do Ministério da Educação analisaria tudo…

Os professores com mais tempo de serviço e idade, assumiriam a vaga dos vereadores, deputados e senadores…

O educador tem as condições ideais para governar o Brasil e de exportar a ideia… Para não reinventar o passado: o aumento salarial da classe ficaria atrelado ao aumento do salário mínimo…

A movimentação financeira das prefeituras seria lançada diariamente na internet e de quatro em quatro anos, o povo elegeria a escola ou um dos partidos político…

A escola foi e é a área mais significativa do mundo: São Formados médicos, dentistas, engenheiros, advogados e uma diversidade de técnicos…

A gigantesca economia possibilitaria investir pesado na educação, agricultura, saúde, exportação, habitação verticalizada, reflorestamento, despoluição, indústria e outros…

São do Brasil as grandes empresas?… Bancos, cartão de crédito, Petrobrás, universidades, meios de comunicação, elétricas em geral, águas, siderúrgicas, construtoras, seguradoras, transporte rodoviário, urbano, aéreo, marítimo, ferroviário, hospitais e outros?…

Empresas emitem notas fiscais sem mandar a mercadoria e repassa o dinheiro para o político?… Nessa eleição, o povo poderia escolher o voto nulo e transferir a governabilidade aos educadores… O papel moeda sozinho, não tem o dom de produzir nada; tudo que existe é subproduto do trabalho: o dinheiro é apenas uma ferramenta…

A mulher professora deve representar mais de 90% da classe dos educadores e sabe como ninguém o papel do capital e do trabalhado… Os estudantes seriam participes nesse processo e orgulhosos, somariam no presente e no futuro do país…

É inexplicável, um candidato gastar dois milhões na campanha e durante todo o seu mandato receber só 1/4 desse valor… Nas eleições de 2008, o TRE me humilhou com R$ 0,01 de real e me ameaçou de prisão com dez irregularidades inexistente; já os candidatos da situação, compravam votos nas esquinas das ruas a R$ 30,00 cada…

Os carros estacionavam com a porta mala abarrotados de dinheiro; o meu vizinho vendeu o voto duas vezes… A mídia gritou, as urnas eletrônicas enlouqueceram e até gente que não era candidato foi votado…

Essa é a razão que trago o assunto a público; defendo-me dos insultos e acusações descabidas e reclamo aqui o meu direito…

Gastei só R$ 438,50; dividido para dois fornecedores; fiz uma campanha simples: Usei o carro de som do partido e com um megafone, pedi votos nos terminais de ônibus e ruas de Aracaju…

Será que subtraíram dos meus votos?… Se o povo decidir, ninguém poderá impedir!…

Gilson Antonio da Costa

Principais Vestibulares de Inverno

Vestibulares mais disputados

Como superar a tensão

Catálogo Nacional de Carreiras

Vestibular Veris Faculdades

Unicamp prorroga envio

Especialização na Esamc

Curso de Direito Desportivo

Policamp: 3º Lugar da OAB

Encontro de Geografia Unitau

Semana do Meio Ambiente

Semana da Psicologia

Congresso Mega Brasil

Teoria e Práticas Junguianas

Adobe Creative Suite 5

Seminário sobre dívidas

Saber Liderar

Novo prêmio recebido pelo Vestibular1

Conheça o Exclusivo

Guia de Como Escolher a Profissão

Revise com Vestibular1, e tenha um aprendizado empolgante para Vestibular e Enem

Visite a página de Opção de Carreira Navegue também pelas carreiras

Veja também links de carreiras Veja as tendências de carreiras

Publicado em:Notícias

Você pode gostar também