Menu fechado

Rose Hoeppner retorna do Chile e relata difícil experiência em prova de aventura

Calendário dos vestibulares

Não perca essa!

O Vestibular1 vai tornar seus sonhos realidade!

Grau de dificuldades do “Patagônia Expedition Race” impediu as equipes de completarem o percurso do desafio

Ventos atingindo aproximadamente 100 quilômetros por hora, águas congelantes, temperatura próxima a zero grau e ambiente absolutamente selvagem e úmido. Essas condições foram as principais dificuldades enfrentadas e relatadas por Rose Hoeppner, atleta de corrida de aventura de Ribeirão Preto, durante o “Patagônia Expedition Race”. O desafio reuniu, no Chile, equipes do mundo inteiro, entre elas a Selva, equipe brasileira composta pelos atletas Ricardo Conceição, Carlos Fonseca, Marcelo Sinoca e Rose Hoeppner.

O percurso de 600 quilômetros deveria ser completo em aproximadamente 10 dias de provas, consistindo em 260 km de trekking, 240 km de montain bike e 100 km de canoagem. Porém, devido ao alto grau de dificuldade, nenhuma equipe conseguiu cumprir o caminho determinado por 13 PCs. A organização decidiu, então, cortar 110 km da prova e, neste caso, como a equipe inglesa Adidas havia passado por mais PCs, foi a vencedora do desafio. Rose e a equipe Selva chegaram até o PC 7, juntamente com equipes dos EUA e Chile, e ocuparam a décima colocação da prova.

Mesmo não conquistando a vitória, Rose afirma que esta foi a melhor prova de corrida de aventura que já participou. “Foi um desafio que nem os melhores do mundo conseguiram completar. O maior desafio não era o ser humano, mas a natureza”, considera.

A força da natureza

Antes da largada, todas as equipes passaram por um teste e somente os aprovados estariam autorizados a competirem. Vestidos adequadamente, os atletas tinham que virar um caiaque na água, desvirá-lo e retirar toda a água de dentro dele em até 5 minutos. “Fizemos o teste em 45 segundos”, conta Hoeppner.

Desafios mais pesados ainda estavam por vir. Na modalidade montain bike a equipe Selva enfrentou o chamado vento branco, cuja força é próxima a de um tornado. “Num tempo de 20 a 30 segundos, nossas bicicletas foram arrastadas e uma atleta da equipe dos EUA que estava conosco foi arremessada para o alto”, lembra Rose.

A temperatura de 2 graus em pleno verão e a água a cinco graus negativos também testaram os limites dos atletas. “Mesmo com roupa especial indicada pela organização, não foi o suficiente para suportarmos a frieza da água. Nossos pés congelaram, tínhamos que ter muito cuidado para não sofrermos hipotermia. Na maior parte do tempo nossas roupas estavam molhadas”, relata a atleta. No PC 5, dois atletas da equipe Selva atravessaram um rio de corredeira, porém o caiaque tombou na água, arrastando-os por dois quilômetros. “Eles ficaram na água por mais de 20 minutos e com isso seus pés e mãos congelaram. A preocupação, então, era fazer uma fogueira para ajudá-los a se restabelecer”.

O ambiente selvagem, em que o chão é praticamente encharcado, foi um desafio e tanto. Segundo Rose, num ambiente regular é possível correr 10 km num tempo de uma hora. “Fizemos esta mesma quilometragem em 15 horas. Além disso, escalamos um cânion super escorregadio e qualquer deslize causaria no mínimo fraturas”, afirma a atleta que acredita que esta prova deveria ter duração de no mínimo 15 dias.

Rose conta que a experiência na Patagônia lhe agregou um respeito ainda maior pela natureza e de volta em Ribeirão Preto, a atleta afirma que sua próxima competição com a equipe Selva será o Ecomotion/Pro, em 10 de abri, no Sul da Bahia.

Rose Hoeppner é patrocinada pela Unaerp, Resolv e o Restaurante MaiSabor.

Especial ProUni

Especial Fuvest

Especial Unicamp

Notícias Enem V1

O caso do Enem

Inscrições do ProUni

ProUni encerra

Vestibular ISE Sion

Unicid em Fevereiro

Vestibular da Unip

Sobre Vestibulares

Convocados Unicamp

Bolsa de Estudo Ongmo

Bolsas de Estudos Anglo

Estudo de Português

Resultado Ufrrj

Palavras Chaves e Tags

Palavras chaves

Encontre no Vestibular1

Sucesso no vestibular

Tenha Boa Redação

Graduação UnisulVirtual

Reclassificação na UFRRJ

Nota máxima em EaD

Certificação pelo Enem

Princípios do Processo

Modelagem Matemática

A doença: Vitiligo

Notícias Enem V1

Guia de Estudos para a prova da Fuvest

Vídeo Aulas grátis no Vestibular1

Vibrações Positivas para vestibulandos

Depoimentos sobre o Vestibular1 – Deixe o seu também!

Revise com Vestibular1, e tenha um aprendizado empolgante para Vestibular e Enem

Visite a página do Especial ProUni Navegue também pelas carreiras

Veja também links de carreiras Veja as tendências de carreiras

Fuvest – Vencendo a 1ª Fase

Passe na Fuvest

Fuvest – 2ª Fase Descomplicada

Passe na 2ª fase Fuvest

Revisando com o Vestibular1, seus resultados serão incríveis!

Publicado em:Notícias

Você pode gostar também