Menu fechado

Canziani propõe solução para impasse no piso dos professores

Calendário dos vestibulares

Não perca essa!

O Vestibular1 vai tornar seus sonhos realidade!

Projeto do parlamentar eleva o piso em pelo menos 3,5% de ganho real ao ano

Um recente projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados prevê recuperar o piso salarial dos professores da educação básica em dez anos e, ao mesmo tempo, solucionar o impasse provocado entre a legislação atual e a reclamação de governadores e prefeitos de incapacidade orçamentária e financeira. A atual lei do piso do magistério prevê reajuste com base no critério de crescimento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Mas um projeto de lei, que conta com o apoio principalmente dos governadores, estipula o reajuste anual do piso pela variação da inflação.

A nova proposta (PL 4.375/2012), do deputado federal Alex Canziani (PTB-PR), sugere a aplicação (além da inflação) de um percentual equivalente a 1/3 da variação do valor/aluno/ano Fundeb considerando os dois exercícios anteriores ao do reajuste. “Se um terço do crescimento do Fundeb for igual ou menor que 3,5% será aplicado este percentual mais a inflação”, explica o deputado, que preside a Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional e é membro da Comissão de Educação da Câmara.

A matéria apresentada por Canziani contemporiza, por exemplo, a recente polêmica que envolve o MEC e os Estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio Grande do Sul, Roraima e Santa Catarina, que foram ao Supremo Tribunal Federal pedir a revisão do critério de reajuste.

Entre o ano passado e este, o índice de reajuste dos professores foi de 22%, ocorrido pela ausência de lei específica determinando qual o fator de correção. O valor saltou de R$ 1.187,00 para R$ 1.451,00. Os estados alegam que essa variação do Fundeb, registrada nos últimos dois anos, é insustentável para as contas públicas. Por causa disso, um projeto de lei que tramita no Congresso, com apoio dos governadores, pretende mudar o parâmetro do reajuste para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Alex Canziani justifica o seu projeto alegando que quer atrelar o reajuste do piso a duas variáveis: a inflação e o ganho real, e garantir um ganho real de no mínimo 3,5% a cada ano de vigência do Plano Nacional de Educação (PNE). O deputado lembra que, pelos cálculos do Ministério da Educação, o professor recebe em média, ao longo da sua carreira, 35% a menos que profissional de outra área com formação equivalente. “E a meta 17 do PNE prevê equiparar o salário do professor com os demais profissionais.” O deputado da educação destaca que a sua proposta partiu de uma sugestão defendida pelo ex-presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e membro do Conselho Estadual de Educação do Paraná, Carlos Eduardo Sanches.

MAIS REAJUSTES – Canziani lembra ainda que além deste reajuste do piso, o professor seria contemplado pelo plano de carreira a partir do momento que se tornar estável (ao final do estágio probatório) usufruindo dos benefícios da carreira: progressão por tempo de serviço, ascensão por titulação e promoção por merecimento. “Estas previsões também provocarão elevação do vencimento”, salienta.

O projeto já está na Mesa Executiva da Câmara, onde aguarda o despacho do presidente Marco Maia (PT) e de onde segue às comissões permanentes da Casa para análise e votação.

Veja aqui! Calendário do mês de Setembro/2012/1a. quinzena

Veja aqui! Calendário do mês de Setembro/2012/2a. quinzena

Veja aqui! Calendário do mês de Outubro/2012/1a.quinzena

Veja aqui! Calendário do mês de Outubro/2012/2a.quinzena

Veja aqui! Calendário do mês de Novembro/2012/dias 01 a 10

Veja aqui! Calendário do mês de Novembro/2012/dias 11 a 20

Veja aqui! Calendário do mês de Novembro/2012/dias 21 a 30

Revisão de conteúdos

Plantão do Enem

Redação do Enem

Avaliação Redação Enem

Manual da Fuvest

Agenda de Setembro

Agenda de Outubro

Agenda de Novembro

Calendário Setembro

Calendário Novembro

Inscrições Outubro

Reta Final Unicamp

Isenção FGV

Vestibular da FMP

Vestibular da Unicamp

Agendado da UniBrasil

EaD na Unicid

Vestibular de Odonto

Sinope de Vestibular

Vestibular Evangélica

Profissões do futuro

Concurso de bolsas

Dicas de Estudo

Enem via Facebook

Vestibular UEPG

Vestibular Cruzeiro do Sul

Ceunsp na OAB

Destaques do Ceunsp

Depoimentos de Usuários

Comentários: Vestibular1

CONFIRA OS CURSOS GRÁTIS VESTIBULAR1!

Vai cair no Enem! e Vai cair na Fuvest!

Notícias Enem V1

Vídeo Aulas grátis no Vestibular1

Revise com Vestibular1, e tenha um aprendizado empolgante para Vestibular e Enem

Visite a página do Especial ProUni Navegue também pelas carreiras

Veja também links de carreiras Veja as tendências de carreiras

Fuvest – Vencendo a 1ª Fase

Passe na Fuvest

Fuvest – 2ª Fase Descomplicada

Passe na 2ª fase Fuvest

Revisando com o Vestibular1, seus resultados serão incríveis!

Publicado em:Notícias

Você pode gostar também