Menu fechado

EUREKA 2009 – um mundo de novidades – 23 a 25 de outubro

Não perca essa!

Evento divulga projetos de alunos da MAUÁ

Exposição é aberta ao público com entrada franca; inscrições pelo site

Uma vitrine para a criatividade, inovação e ideias originais. A EUREKA 2009 promete ser tudo isso e um pouco mais. Sorvete com propriedades funcionais, mousse que previne celulite, um dispositivo que auxilia na locomoção de deficientes visuais, um braço robótico que garante uma ‘força extra’ a quem tem limitação de movimentos, um triciclo para transporte urbano, concreto de material reciclável e um sistema que ajuda a gerenciar recursos de hospital são apenas alguns exemplos dos 140 trabalhos que estarão expostos de 23 a 25 de outubro no campus do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, em São Caetano do Sul, na EUREKA 2009. Já tradicional, a mostra anual dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos alunos da Mauá visa divulgar os projetos dos estudantes para empresas de diferentes segmentos, aproximar o meio acadêmico do empresarial e disseminar conhecimentos. A exposição é aberta ao público e a entrada é franca. Informações e inscrições pelo site www.maua.br .

A versão 2009 da EUREKA reúne projetos de estudantes que enfrentaram o desafio de desenvolver produtos tecnologicamente inovadores, que se aventuraram para criar alternativas visando uma alimentação mais saudável ou simplesmente apostaram na melhoria e barateamento de algo que já existe no mercado, mas que nem sempre é acessível a todos. O resultado dessas pesquisas realizadas pelos alunos dos cursos de Administração, Engenharia (nas habilitações Alimentos, Civil, Controle e Automação, Elétrica, Mecânica, Produção Mecânica e Química), e superiores de Tecnologia em Gestão Ambiental, Gestão da Tecnologia da Informação, Marketing e Processos Gerenciais, sob orientação dos professores da Mauá, poderá ser visto e, em alguns casos, testado e até saboreado pelos visitantes durante os três dias da mostra em que estarão expostos os protótipos e novos alimentos.

Funcionais

A busca por alimentos saudáveis e que resultem em benefícios variados estimulou estudantes do curso de Engenharia de Alimentos a desenvolver produtos que aliam sabor e bem-estar. Quatro alunas optaram por criar um alimento funcional que reunisse três apelos: a satisfação do prazer, ser saudável e proporcionar benefícios estéticos. A escolha recaiu na criação de uma mousse light, de frutas vermelhas, com propriedades funcionais, e que auxilia na redução e na prevenção da celulite. Para alcançar estes objetivos, a formulação apresenta microcápsulas de Centella asiática e Ilex paraguariensis (erva-mate).

Outro grupo do mesmo curso desenvolveu um preparado em pó que, quando adicionado à água, fica levemente efervescente e se transforma em uma bebida funcional. À base de extrato de chá branco e polpa de pêra, o preparado tem como função principal agregar à bebida valor funcional, garantindo benefícios à saúde, sem esquecer do sabor. O extrato de chá branco é rico em polifenóis, sendo um antioxidante natural, cuja ingestão diária de uma única dose pode auxiliar no funcionamento do sistema circulatório, no fortalecimento do organismo – combatendo os radicais livres contra o envelhecimento – e também na prevenção de câncer e doenças cardiovasculares. A polpa de pêra, por sua vez, confere um sabor agradável à bebida, mascarando o paladar acentuado e adstringente do extrato de chá branco.

Pensando em beneficiar um público específico, duas outras formandas de Engenharia de Alimentos optaram por desenvolver um alimento que, além de saboroso, é enriquecido com propriedades que contribuem para a redução dos sintomas apresentados na menopausa. Como o principal incômodo nesse período são as ondas de calor, criaram um sorvete de frutas vermelhas que proporciona uma sensação de refrescância e pode minimizar esse sintoma. Após os testes e ajustes necessários para a retirada do açúcar e redução de gordura, para obter um produto com estrutura e características adequadas de textura, sabor e aroma, foram adicionados extrato de chá branco, vitaminas, minerais e proteína de soja, que contém isoflavona.

Mais tecnologia

Para melhorar a vida das pessoas, ter a tecnologia como aliada. Pensando nisso, estudantes de Engenharia de Controle e Automação desenvolveram um braço robótico denominado ‘exoesqueleto’. A ideia foi projetar e construir um braço automatizado que, ao ser ‘vestido’ possa dotar o antebraço de uma força maior que a normal e, assim, auxiliar indivíduos com alguma dificuldade de movimento e também pessoas que atuem profissionalmente com deficientes físicos com restrição de movimentos. O equipamento capta sinais elétricos provenientes dos músculos, por meio de um sistema de transmissão e atuadores elétricos e é baseado em pesquisas nessa área desenvolvidas nos Estados Unidos e Japão.

Alunos da última série do curso de Engenharia Elétrica criaram um sistema de rastreamento e controle de presença para hospitais, que usa a tecnologia de identificação por rádio-frequência (RFID). O objetivo é que o sistema forneça às administrações de hospitais estatísticas que auxiliem na melhora do fluxo de pacientes e, consequentemente, na utilização dos recursos. O sistema permite que o centro médico localize o paciente e colete dados, como a frequência de entradas e saídas, o número de pacientes em uma determinada área, o tempo médio na fila de espera e no atendimento médico, proporcionando informações mais detalhadas para uma melhor gerência dos recursos humanos, físicos e laboratoriais.

Já fomandos do curso de Engenharia Mecânica desenvolvem um projeto que colocará tração nas duas rodas de motos de baixa cilindrada, com um preço bem mais acessível do que o proposto por marcas famosas. Segundo os autores do projeto, as motocicletas com tração nas duas rodas existentes no mercado são modelos exclusivos para competição fora de estrada e com custo muito elevado. A ideia dos estudantes da Mauá é trazer as vantagens desse sistema para as motos populares – que hoje representam cerca de 80% do mercado nacional – utilizando equipamentos de menor custo para viabilizar economicamente o projeto.

Bem-estar

Alunas do curso de Engenharia Química decidiram explorar os benefícios naturais da babosa no alívio de queimaduras, sobretudo aquelas ocasionadas pela exposição excessiva ao sol. A pesquisa resultou em um produto fitoterápico, em forma de gel, à base de Aloe Vera, que apresenta características de protetor solar, proporciona sensação de alívio para queimaduras causadas pelo sol e ainda trata a pele que já apresente algum tipo de queimadura leve, evitando seu agravamento. A composição do gel reúne os fatores característicos da Aloe vera (cicatrizante, protetor e re-hidratante da pele danificada por queimadura) ao fator de proteção solar, beneficiando, sobretudo, as pessoas que têm necessidade de ficar expostas ao sol em função do trabalho.

Outro grupo do mesmo curso se debruçou em pesquisas sobre uma nova armadilha capaz de capturar o mosquito Culex (pernilongo). O objetivo era desenvolver um produto que fosse uma alternativa ao que já existe no mercado, não causasse danos à saúde e fosse acessível à população de baixa renda. Resultou a formulação de um adesivo (PSA-Pressure Sensitive Adhesive), que pode ser usado tanto em ambientes internos quanto externos, cuja composição utiliza resinas naturais, óleos aromáticos e aditivos para atrair o pernilongo.

Meio Ambiente

A preocupação com o meio ambiente está presente em vários trabalhos. Em Engenharia Civil pelo menos duas pesquisas abordam questões relacionadas a esse tema: uma delas analisou o uso de agregado reciclado na produção de concreto estrutural enquanto que outro grupo avaliou o potencial eólico no Brasil, objeto de pesquisa também de alunos de Engenharia Mecânica.

Seguindo a linha em busca de caminhos para a preservação, um grupo de formandos do curso de Processos Gerenciais propõe a criação da Previdência verde. A ideia é garantir a produção de madeira de lei, por meio de um amplo projeto de florestamento com investimento a longo prazo. Já no curso de Administração, um grupo enfatiza a pesquisa que visa a Melhoria nos processo das cooperativas de reciclagem. Outro projeto também desenvolvido por alunos da Administração deve chamar a atenção dos visitantes que atuam no comércio: é o Manual de Franquia para reestruturação e padronização das franquias da rede de fast food em São Paulo.

Esses são apenas alguns dos trabalhos que estarão expostos. O visitante terá oportunidade de conferir nos estandes da EUREKA 2009 muitas outras soluções que visam facilitar o cotidiano das pessoas, o trabalho na indústria, a otimização dos processos em empresas de diversas áreas e a melhoria da qualidade de vida.

Serviço – EUREKA 2009

Período – De 23 a 25 de outubro

Horário – Das 14h às 22h (dias 23 e 24) e das 14h às 20h30 (dia 25)

Local – Campus do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, em São Caetano do Sul – Praça Mauá, nº 1.

Inscreva-se pelo site www.maua.br

Entrada gratuita

Zootecnia na UFU

Provas da Unicamp

Vestibular da Salesiana

UFRRJ antecipa datas

Calendário completo Unitau

Redação Técnica

EaD para deficientes começa

Extensão para Gestão

Assédio Moral

Vídeo Aulas Interativas

Mais um prêmio para o Vestibular1

Conheça o Exclusivo

Guia de Como Escolher a Profissão

Revise com Vestibular1, e tenha um aprendizado empolgante para Vestibular e Enem

Visite a página de Opção de Carreira Navegue também pelas carreiras

Veja também links de carreiras Veja as tendências de carreiras

Revisando com o Vestibular1, seus resultados serão incríveis!

Publicado em:Notícias

Você pode gostar também