Menu fechado

Implicações da Terceirização na vida do trabalhador

Calendário dos vestibulares

Não perca essa!

O Vestibular1 vai tornar seus sonhos realidade!

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que há no Brasil 91 milhões de trabalhadores que, neste 1º de Maio, têm como uma de suas principais preocupações debater o projeto que regulamenta a terceirização, já aprovado na Câmara dos Deputados, e que traz novos paradigmas às relações trabalhistas no país.

A terceirização pode ser conceituada como um processo que consiste em repassar a terceiros a atividade-meio da empresa. No entanto, o projeto aprovado permite também que a terceirização seja aplicada às atividades-fim, ou seja, ao “ cor e-business” da organização.

Não há consenso doutrinário sobre os conceitos de atividade-meio e atividade-fim. Esta última é caracterizada como aquela para a qual todas as demais convergem para a produção de um bem ou serviço. Já a atividade-meio é aquela que não contribui para a principal missão da empresa, mas abrange atividades que propiciam suporte ou apoio, como vigilância, limpeza e conservação.

A aplicação da terceirização na atividade-fim é considerada ilícita pela legislação atual, em decorrência da edição do Enunciado 331, do Tribunal Superior do Trabalho(TST), que somente contempla seu uso nos casos de trabalho temporário, segurança e conservação e limpeza. Assim sendo, esse ponto promete ser uma questão polêmica na tramitação do projeto no Senado Federal.

No projeto aprovado, os tipos de empresas que podem atuar na terceirização foram ampliados, abrindo o campo para as empresas individuais, as associações e as fundações. Também prevê responsabilidade solidária da empresa contratante quanto às obrigações trabalhistas e previdenciárias e que os empregados terceirizados terão os mesmos direitos do empregado da empresa contratante, no local de trabalho.

A terceirização foi introduzida como uma nova estratégia de gestão, uma vantagem competitiva para as empresas, ao propiciar a redução dos custos; mas não pode servir de precarização dos direitos fundamentais do trabalhador, praticando salários mais baixos e carga de trabalho mais alta. Como explicita o Capitalismo Humanista, a ordem econômica não deve aviltar, mas edificar os direitos humanos em todas as dimensões.

Caberá ao Senado Federal, antes da votação do projeto, promover um amplo debate com a sociedade, os sindicatos e a comunidade jurídica, especialmente a Advocacia Trabalhista, sobre os pontos polêmicos do PL no sentido de encontrar soluções que contemplem o interesse da maioria, sem apequenar os direitos sociais dos trabalhadores brasileiros.

Ricardo Sayeg é advogado, professor livre-docente da PUC-SP e liderança do Movimento #terepresento

Calendário de vestibulares completo – Visite a seção!

Calendário do Vestibular

FDSM: nota máxima

Fórum de Profissões

Juventude no Mundo

Exame de proficiência

Afetividade na Educação

Comentários de Usuários

Isenção Unicamp

Seletivo Metodista

Principais datas Maio e Junho

Avanços FDSM

Dia de Índio

Evento científico

Medicina na USCS

Prova do TOEFL

Menor infrator

Vestibular da Metodista

Vestibular da Faap

Vestibular da FEI

Xícara comestível

Aprender melhor

Diário de Notícias

Dobrar a nota

Comentários de estudantes

Vestibular do Senac

Vestibular FGV EAESP

Extensão gratuito

Novas regras FIES

Licenciaturas do PARFOR

Bolsas de desempenho

Depoimentos do site

Mutirão de Vestibular

Bolsas da FDSM

Leitura transdisciplinar

Diferencial na carreira

Estudar Cansado

Cursos Técnicos EaD

Planejamento de carreira

Comentários de usuários

Cursos gratuitos

Vagas gratuitas

Vestibular da FDSM

Veja também:

Como melhorar a concentração nos estudos

Sinopse do Guia de Carreiras e Profissões

Definindo a Profissão

Profissão: uma decisão de vida

Dicas de Redação para o Enem

Revise com Vestibular1, e tenha um aprendizado empolgante para Vestibular e Enem

Visite a página do Especial ProUni

Conheça o Exclusivo Guia de Como Escolher onde Estudar

Estude com nossas Vídeo Aulas

Apostilas Selecionadas

Publicado em:Notícias

Você pode gostar também