10 dicas para uma boa escrita - Vestibular1

10 dicas para uma boa escrita

10 dicas para uma boa escrita

10 dicas para uma boa escrita

Redação
Escrever… escrever… escrever…

10 dicas para uma boa escrita

Baseadas no conteúdo do livro Falar é fácil, escrever também! do educador e jornalista Olavo A. Filho

1) Antes de começar a escrever, tenha claro o que você quer comunicar e para quem.
E use a linguagem apropriada, de acordo com a necessidade do texto:
– descritiva (descreve atendo-se aos fatos)
– explicativa (“troca em miúdos” a informação)
– opinativa (atribui ao fato juízo de valor)

2) Escreva para os olhos do leitor tendo em vista as referências dele, não as suas.
Para isso, vale praticar o “exercício do espelho”, isto é, escrever pensando sempre no destinatário da mensagem, o qual deve entender com clareza o que você quer comunicar.

3) Construa seu texto com simplicidade e objetividade, seguindo uma ordem lógica com começo, meio e fim.
O texto objetivo pode ser elaborado com base nestes três passos:
– introdução
– desenvolvimento
– conclusão

4) Uma boa “fórmula” = sujeito, verbo, predicado + o quê, quem, quando, onde, como, por quê.
A boa comunicação começa pela estrutura simples da frase (sujeito, verbo e predicado) e avança com o emprego da técnica do lide, que consiste em compor o texto com respostas a 6 perguntas relacionadas ao tema: o quê, quem, quando, onde…

5) Construa sentenças nem tão curtas nem tão longas, na ordem direta, e com o mínimo necessário de pontuação.
Esta dica se aplica ao texto factual, objetivo. Quanto à vírgula e outros sinais de pontuação, vale usar o mínimo, mas lembre que quem comanda isso é a sintaxe.

6) Comece com os “finalmente” já no primeiro parágrafo, e depois vá desenvolvendo os “entretanto”.
Logo no início, revele para o leitor a sua proposta: o que é e a que vem. Depois, na construção do texto, siga os passos do lide. E conclua a redação ligando o fim ao começo.

7) Desenvolva o seu escrito com frases e períodos interligados, “amarrando” fatos e argumentos.
Na elaboração do texto, os conteúdos devem se relacionar. A frase seguinte se liga à anterior e, assim, a linha de raciocínio flui para uma conclusão.

8) Escreva na medida certa da comunicação, ou seja, sem economizar palavras, mas também sem “encher linguiça”.
E vale evitar vícios de linguagem, como redundância (“encarar de frente”), gerundismo (“vou estar agendando”) e outros, que empobrecem a qualidade textual.

9) Ao escrever, seja sempre ético e atente para o direito autoral, que é sagrado.
É fundamental respeitar a autoria de ideias, conceitos e afirmações de outras pessoas, vivas ou mortas, especialmente ao usar a internet, em que copiar-colar é tão fácil!

10) Ao concluir sua redação, revise cuidadosamente o que escreveu, para ver se não escapou nenhum “gato”.
Enquanto escreve, e durante a conferência do texto, tenha sempre à mão uma gramática de respeito e um bom dicionário. Consulte-os sempre.

Dica extra
Para escrever bem, vale ainda ler muito, e sempre, bons autores e textos de qualidade!

Para mais informações sobre o livro Falar é fácil, escrever também!, acesse aqui!

 

Depois de conferir as 10 dicas para uma boa escrita, Veja mais: Melhore sua redação, Antes de escrever, Antítese, a contra-argumentação, Tenha uma boa escrita, REDAÇÃO SEM CTRL+C, Critérios de avaliação, Especialistas dão dicas de como fazer…, Afinal, o que cai no vestibular? Se der um “branco” na hora “H”? A diferença entre a língua falada e a escrita, Contexto, texto e sua coesão, Significados e sentidos das palavras, A leitura e a construção do leitor em potencial, A importância da leitura na produção de textos, Interdisciplinaridade, Como escrever bem. Visite as seções de Enem e Vestibular. 10 dicas para uma boa escrita. 10 dicas para uma boa escrita

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta