Menu fechado
Escolas Literárias para vestibular

Autores Contemporâneos

 

Escolas literárias Autores Contemporâneos

Os autores da atual produção literária brasileira caracterizam por uma única qualidade unificadora: são individuais. Não existe atualmente uma corrente dominante, e apesar de muitos terem estilos parecidos, devem todos serem estudados separadamente.

Autores Contemporâneos – Rubem Fonseca
Formado em direito, trabalhou como comissário de policia no Rio de Janeiro. Escreveu para revistas e foi contemplado com prêmios diversos de literatura e no cinema, porém não gosta de falar com a imprensa.

Principais obras:
A Coleira do Cão;
O Cobrador;
Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos;
Feliz Ano Novo;
Agosto

Autores Contemporâneos – Luis Fernando Veríssimo
Filho de Érico Veríssimo, estudou nos EUA, trabalhou na Editora Globo e foi músico de uma banda. Trabalhou também em agências de publicidade e escreveu para diversos jornais impressos como O Estado de São Paulo, Zero Hora e Jornal do Brasil. Considerado um dos maiores escritores atuais.

Principais Obras
O Popular;
Amor Brasileiro;
Ed Mort e Outras Histórias

Autores Contemporâneos – Raquel de Queiroz
Foi a primeira mulher a entrar na Academia Brasileira de Letras. Trabalhou em jornais escrevendo crônicas e poemas. Recebeu diversos prêmios de literatura e participou do Partido Comunista e foi presa em 1937.

Principais obras:
O Quinze;
Dora, Doralina;
O Galo de Ouro;
Memorial de Maria Moura;
Nosso Ceará;
O Menino Mágico.

Autores Contemporâneos – Nelson Rodrigues
Trabalhou como jornalista com apenas 13 anos e começou a escrever peças de teatro. Escreveu e lançou diversos romances, peças de teatro, crônicas e contos, mas foi um autor muito pessimista e considerado um homem machista.

Trabalhou também como cronista esportivo, escrevendo textos inesquecíveis sobre o Fluminense. Várias de suas obras foram adaptadas para a televisão.

Principais Obras
Meu Destino é Pecar;
Escravas do Amor;
Núpcias de Fogo;
Asfalto Selvagem;
O Casamento;
Cem Contos Escolhidos – A Vida Como Ela é…

Autores Contemporâneos – Jorge Amado
Trabalhou em jornais como repórter em Salvador. Formou-se em direito no Rio de Janeiro mas nunca exerceu a profissão. Suas obras foram traduzidas em diversos idiomas e adaptadas para filmes, minisséries e telenovelas. Era membro da Academia Brasileira de Letras.

Principais obras:
Suor;
Seara Vermelho;
Os Subterrâneos da Liberdade;
Gabriela, Cravo e Canela;
Os Pastores da Noite;
Tenda dos Milagres;
Tieta do Agreste;
Dona Flor e Seus Dois Maridos;
Tocaia Grande;
O Sumiço da Santa

Autores Contemporâneos – Ariano Suassuna
Dramaturgo e escritor, membro da Academia Brasileira de Letras, formado em direito e graduado em filosofia. Foi professor da Universidade Federal de Pernambuco.
A obra Auto da Compadecida foi adaptada para a televisão e cinema divulgando assim seu nome e tornando-se um sucesso.

Principais Obras
O Castigo da Soberba;
O Rico Avarento;
Auto da Compadecida;
O Santo e a Porca;
A Pena e a Lei

Autores Contemporâneos – Érico Veríssimo
Graças a seu grande interesse pela leitura tornou-se um dos mais importantes escritores deste país.
Foi professor nos EUA, desenhista, ajudante de comércio, e trabalhou na Editora Globo.

Em 1947 lança uma de suas melhores obras: O Tempo e O Vento que foi transformado em triologia.
Seu livro Olhai os lírios do campo foi adaptado para o cinema e televisão, bem como foi traduzido para diversas linguas.

Principais Obras
Solo de Clarineta;
Clarissa;
Saga;
O Prisioneiro;
Incidente em Antares;
O Resto é Silêncio;
O Tempo e o Vento

Autores Contemporâneos – Moacyr Scliar
O médico Moacyr Scliar é cronista, contista e romancista. Em 1962, ainda estudante de Medicina, publicou seu primeiro livro, Histórias de um médico em formação.
Considerado como um dos melhores escritores brasileiros da atualidade, Scliar já escreveu mais de vinte livros. Muito traduzido e premiado, este gaúcho escreve crônicas dominicais para a Zero Hora, e colabora para a Folha de São Paulo, Jornal do Brasil e Shalom, além de dar palestras.
Um dos temas presentes em sua obra é o Judaísmo, assim como o tema social (ele nunca negou que era Marxista).
” Neste mar o Capitão Birobidjan flutua imóvel, meio afogado. Do cais os homenzinhos contemplam-no em silêncio.” O Exército de um Homem Só

“Vacila, apóia-se no sofá. As luzes se acendem. É para frente que o Capitão cai. Mergulha no mar escuro.” O Exército de um Homem Só.

Principais obras:
A Condição Judaica;
Os Deuses de Raquel;
Doutor Miragem;
O Exército de um Homem Só;
A Guerra do Bom Fim

Por: Augus Sobre Vestibular

Assista Vídeo Aulas de todas as matérias
Curso Rápido de Redação

Autores Contemporâneos

Publicado em:Escolas Literárias

Você pode gostar também