A Circulação do Sangue 3 - Vestibular1

A Circulação do Sangue 3

Revisão de Biologia: A Circulação do Sangue 3

 

Biologia: A Circulação do Sangue 3

Resumão – Revisão da Matéria de Biologia – Revisando seus conhecimentos
Biologia: A Circulação do Sangue 3

Revisão de Biologia: A Circulação do Sangue 3

A Circulação do Sangue 3

 

A pressão arterial

Você já sabe que o coração se contrai e se distende ritmicamente, nos movimentos de sístole e diástole. Alternando-se ordenadamente, a sístole e a diástole são responsáveis pelo fluxo do sangue dentro dos vasos sanguíneos. O fluxo nas artérias é feito com pulsações intermitentes, enquanto nas veias é uniforme.

A pressão arterial é a pressão exercida pelo sangue sobre as paredes das artérias. Ela é diferente na sístole e na diástole.
A pressão arterial máxima corresponde ao em que o coração bombeia sangue com toda a forca para dentro das artérias e estas se distendem. É a pressão sistólica.
Pressão arterial mínima é a que se verifica no final da diástole, quando as paredes das artérias voltam à posição inicial. É a pressão diastólica.

Você já deve ter tido a oportunidade de ver um aparelho para medir a pressão. Ele se chama tensiômetro serve para medir tanto a pressão máxima como a mínima.
Numa pessoa adulta e jovem, a pressão arterial máxima é em geral, igual a 120 milímetros cúbicos da coluna de mercúrio de um tensiômetro. A mínima é igual a 80 milímetros cúbicos.

Na prática, dizemos que a pressão arterial é igual a 120 X 80 mm Hg. (Hg é o símbolo químico do mercúrio.).
A medida da pressão arterial de uma pessoa é muito importante, pois ela permite que o médico avalie as condições de saúde do aparelho circulatório.

A linfa

Observando o aparelho circulatório, conclui-se que o sangue não sai de dentro dos vasos sanguíneos para entrar em contato direto com as células. Assim sendo, de que modo as células recebem a s substâncias nutritivas presentes no sangue?

Para compreender isso, acompanhe as explicações que seguem:
No plasma existem substâncias nutritivas dissolvidas, com você já sabe.
O plasma pode sair dos capilares, indo ocupar os espaços existentes entre as células. Assim, quando o plasma banha as células, estas retiram dele as substâncias nutritivas de necessitam. Os leucócitos também podem sair dos capilares sanguíneos, acompanhando o plasma. Para isso, eles modificam sua forma e atravessam as paredes dos capilares. A esta propriedade dos leucócitos dá-se o nome de diapedese.

Fora dos capilares sanguíneos, o plasma e os leucócitos formam um líquido esbranquiçado chamado linfa. É através da linfa que:
• as substâncias nutritivas e o oxigênio chegam até as células de todo organismo;
• o gás carbônico passa das células para o sangue a fim de ser eliminado para o meio ambiente, através dos pulmões.

O excesso de linfa nos espaços intercelulares é absorvido pôr vasos especiais chamados vasos linfáticos, nos quais são também formados novos leucócitos que enriquecem a linfa.
Os vasos linfáticos são muitos finos, semelhantes aos capilares sanguíneos. Mas eles se reúnem em vasos de calibre maior, até encontrarem-se com as grandes veias da circulação sanguínea. Pôr estas veias, a linfa retorna ao sangue.

O sistema imunológico

O corpo humano está constantemente exposto a bactérias, vírus e outros agentes estranhos. Muitos deles causam doenças. Dá-se o nome de antígeno a qualquer agente estranho ao organismo.
Nosso corpo possui mecanismos de defesa contra esses agentes estranhos. Em conjunto, esses mecanismos formam o sistema imunológico. Ele cria resistência, sem a qual ficaríamos constantemente doentes.

Os glóbulos brancos são unidades móveis do sistema imunológico. Eles são transportados pelo sangue para as diferentes partes do corpo, onde são utilizados no combate a um antígeno. Através da fagocitose, determinados glóbulos brancos aprisionam o antígeno e digerem-no, com auxilio de enzimas próprias.

Além desse mecanismo, o sistema imunológico é capaz de produzir anticorpos, que são substâncias que atacam os antígenos. Para cada antígeno, o organismo fabrica um ou mais anticorpos específicos. Os anticorpos são transportados pelo sangue até os antígenos.

Quando uma pessoa é infectada pelo vírus da catapora, por exemplo, sue sistema imunológico entra em ação e produz anticorpos contra o vírus. A partir de então, a pessoa fica imune à catapora. Ou seja, cada vez que ela entra em contato com esse vírus (antígenos), os anticorpos os destruirão, impedindo que provoquem a doença.

Várias outras doenças produzem imunidade definitiva (sarampo, rubéola, poliomielite, etc.). Em outras, a imunidade é apenas temporária.

As vacinas

As vacinas agem de acordo com o principio da reação antígeno-anticorpo. Vejamos como isso acontece:
A vacina é um antígeno que embora não cause a doença, provoca a produção de anticorpos, como se fosse o próprio micróbio causador da doença. Dessa forma, quando o indivíduo entrar em contato com esse micróbio, seu organismo já terá anticorpos para defendê-lo.

Algumas vacinas são produzidas com bactérias inativadas ou vírus atenuados, ou seja, micróbios que não são capazes de produzir a doença. É o caso das vacinas contra a coqueluche e contra o sarampo. Outras são feitas a partir de produtos químicos extraídos do agente causador ou de substâncias produzidas pôr ele. A vacina contra o tétano, pôr exemplo, é feita com o toxoide tetânico, uma substância produzida pelo bacilo do tétano.

É importante que todas as crianças sejam vacinadas. Nos postos de saúde são aplicadas vacinas contra muitas doenças (tuberculose, tétano, difteria, coqueluche, sarampo, paralisia infantil). É necessário que os pais levem seus filhos para tomarem as vacinas na época adequada.

Voltar a ler a Revisão de Biologia: A Circulação do Sangue -parte DOIS
Voltar a ler a Revisão de Biologia: A Circulação do Sangue -parte UM

Revisão de Biologia: A Circulação do Sangue 3

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta