A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial - Vestibular1

A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial

 

História: A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial

Resumão – Revisão da Matéria de História – Revisando seus conhecimentos
História: A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial

 

A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)

Depois de conquistar as regiões mais ricas da China, o Japão deu continuidade à sua expansão. Em 7 de dezembro de 1941, o Japão atacou a base da frota naval do pacífico em Pearl Harbor, no Havaí. No dia seguinte, a China declarou guerra à Alemanha e à Itália e reuniu-se aos Aliados na Segunda Guerra Mundial.

Os Aliados enviaram auxílio aos chineses. Entretanto, os japoneses logo interromperam as rotas marítimas que levavam à China. Operários chineses trabalharam para construir uma estrada para o envio de suprimentos através da Birmânia até a “porta dos fundos” da China.

Essa rodovia tornou-se a famosa estrada da Birmânia. Os exércitos chineses receberam suprimentos essenciais do Ocidente através dessa estrada até que os japoneses conquistaram esse país. Então, aviões de carga dos aliados passaram a levar suprimentos para a China partindo de bases na Índia.
Forças chinesas, inglesas e algumas norte-americanas lutaram em conjunto na Birmânia e em outros locais do sudeste asiático.

Em 1943, os EUA e a Grã-Bretanha assinaram novos tratados com a China. Esses tratados punham fim aos Tratados Desiguais da década de 1840 e consideravam a China como uma grande potência mundial. Em novembro de 1943, Chang Kai-Chek encontrou-se com o presidente Franklin D. Roosevelt, dos EUA, e com o primeiro-ministro Winston Churchill, da Grã-Bretanha, no Cairo, Egito. Os três líderes concordaram que, ao final da guerra, o Japão deveria ser obrigado a devolver todos os territórios chineses ocupados.

A Cultura Chinesa e A Vitória do PCC

Ao término da Segunda Guerra Mundial, em 1945, o Exército de Libertação Popular havia ganho apoio popular e assumido o controle de diversas regiões da China, enquanto tropas do Exército Vermelho da URSS ocuparam a Manchúria. Quando saíram, os soviéticos deram aos chineses grandes quantidades de armas e suprimentos capturados dos japoneses.
Bastou que o Japão assinasse a sua rendição para que a guerra civil na China se agravasse seriamente, caminhando para um desfecho definitivo.

O Exército de Libertação Popular vencia batalha após batalha. Em abril de 1949, conquistaram Nanquim, que havia novamente se tornado a capital dos nacionalistas. Os nacionalistas retiraram-se para Cantão e depois para a ilha próxima de Taiwan.
Aí, sob o comando de Chang Kai-Chek, fundaram a República da China Nacionalista, também conhecida como Taiwan.

Estude na sequência:
A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial
A Cultura Chinesa e A República Popular da China
A Cultura Chinesa e A Ação Militar
A Cultura Chinesa e A Morte de Mao Tsé-Tung
A Cultura Chinesa e O Massacre da Praça da Paz Celestial
A Cultura Chinesa e Made in China
A Cultura Chinesa e As Relações com os EUA

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta