As Independências na América Latina - Vestibular1

As Independências na América Latina

Revisão de História: As Independências na América Latina

 

História: As Independências na América Latina

Resumão – Revisão da Matéria de História – Revisando seus conhecimentos
História: As Independências na América Latina

 

História: As Independências na América Latina

As Independências na América Latina

O processo de Independência na América Latina, não ocorreu de forma homogênea para todos. Há locais onde a luta foi mais intensa e outros onde simplesmente seguiu –se os resultados já alcançados. Iniciaremos nosso estudo pelo México.
No México, a primeira tentativa de emancipação ocorreu em 1810, um movimento que se inicia nas massas populares. Foi liderado por Miguel Hidalgo, o padre Morellos e Vicente Guerrero, lutavam por reformas sociais, propondo: o fim da escravidão, a igualdade de direitos e a condenação da aristocracia e altos funcionários.

Em 1821, Agustin Itúrbide, alia-se a Guerrero, formulando o “Plano de Iguala”, que proclamava a independência do México, que tinha como metas: igualdade de direitos, a supremacia da religião católica, o respeito à propriedade e um governo monárquico. A coroa foi oferecida a Fernando VII. Em 1822 no entanto, Itúrbide proclama-se imperador, sendo deposto logo a seguir num levante republicano. Em 1824, o México torna-se efetivamente independente.

A América Central, unida inicialmente ao México, proclama sua independência em 1824 formando as Províncias Unidas da América Central, essa unidade, contudo durou pouco, por pressões inglesas e norte- americanas que fragmentaram a região.

No Panamá inicialmente território Colombiano, nota-se que a independência partiu de interesses americanos de construir um canal sob seu domínio, com as objeções colombianas, os ricaços da região aliam-se aos E U A contra a Colômbia e declara-se independente, fazendo um acordo com os E U A autorizando-os a construir o canal e manter a independência do novo Estado.

São Domingos, proclama sua independência em (30-11-1821) sem violências nem sangue derramado. Unindo-se a república da Grande Colômbia, fundada por Bolívar em 1820. Durou pouco sua independência, o antigo São Domingos espanhol foi invadido e submetido pelas tropas do Haiti. Em 1824 uma conspiração de “Brancos” que eram maioria proclamaram a independência. Em 1861 São Domingos solicita a reincorporação à Espanha,em 1865 os espanhóis retiram-se definitivamente e São Domingos torna-se independente.

No Haiti, a revolução inicia-se em 1791, tendo à frente o líder negro Toussaint- Louverture, e como pano de fundo a insurreição dos escravos. Em 1803 Napoleão envia seu cunhado Leclerc, que prende o líder revolucionário que morre em uma prisão na França. Jean Jacques Dessalines derrota os franceses e proclama a independência e a república em 1804. Jean, declara –se imperador e morre assassinado em 1806, inicia–se uma guerra civil, em 1820 o país unifica-se sob governo republicano.

Em Cuba, há uma pressão na Espanha pela independência da ilha. Não aceita pela elite que lucra com a economia vigente e prosseguem na repressão. Os EUA manipulam a economia da ilha. Em 25 de novembro de 1897 a coroa espanhola outorga –lhe autonomia, 1899 a bandeira espanhola é substituída pela norte-americana.

Na Venezuela em 1811 o congresso geral proclama a independência, Miranda é investido de plenos poderes, em 1812 é derrotado pelos espanhóis, 1813 Simon Bolívar chefia guerrilhas e toma Caracas, o movimento é derrotado e Bolívar foge, 1817, Bolívar retorna, toma a Venezuela e instala um governo provisório. Na Colômbia, o Vice- Rei convoca um cabildo aberto em 20 de julho de 1810 e proclama a primeira ata da independência, as lutas tem uma tendência centralista com Narino no poder e uma oposta federalista. A uma reação dos partidários da coroa e a guerra irrompe-se.

Continue lendo e estudando com a Revisão de História: As Independências na América Latina – parte DOIS

História: As Independências na América Latina

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta