Energia Características Gerais - Vestibular1

Energia Características Gerais

Revisão de Geografia: Energia Características Gerais

Geografia: Energia Características Gerais

Resumão – Revisão da Matéria de Geografia – Revisando seus conhecimentos
Geografia: Energia Características Gerais

Revisão de Geografia: Energia Características Gerais

 

Energia Características Gerais

Características Gerais

A expansão econômica e social verificada pelo país nas últimas décadas vem exigindo importante desenvolvimento da nossa infraestrutura, notadamente do setor de energias.
Embora o programa de expansão das diversas fontes seja de intensidade diversa, a participação percentual não sofreu substancial modificação nos últimos anos.
Participação do consumo de energias das diversas fontes: Petróleo 46%, Hidroelétrica 27%, Lenha-Carvão Vegetal 23%, Carvão Mineral 4%.

 

Energia Elétrica

Embora a maior participação do consumo de energia do país seja o petróleo, o potencial hidroelétrico do país é bastante elevado, distribuídos nas diversas bacias hidrográficas.
O início da exploração desse potencial deu-se coma criação da Light em 1899 durante e governo Campo Sales. Em 1962 é criada a Eletrobras empresa estatal, que hoje, depois de privatizada e dividida entre várias companhias privadas, é responsável por toda capacidade instalada no país.

O consumo de energia elétrica por setores de produção apresenta-se bastante irregular (um dos motivos da privatização, pois necessitava de grandes investimentos): setor industrial 50%, residencial 22%, comercial 14%, iluminação pública 9% e outros 4%.

 

Carvão

O carvão começou a ser explorado no Brasil em 1942 com a criação da Cia. Siderúrgica Nacional. A principal área de exploração é o Vale do Tubarão em Santa Catarina, onde se destacam minas de Criciúma, Araranguá, Urussanga, Lauro Muller, Orleans e Siderópolis.

O minério de carvão de Santa Catarina é transportado pela E.F. Tereza Cristina até os portos de Imbituba ou Henrique Lages e Laguna. A principal compradora do carvão de SC. é a Cia. Siderúrgica Nacional. O carvão de SC. Produz 45% de carvão metalúrgico (coque). A exploração do carvão no Rio Grande do Sul é feita no Vale do Jacuí (S.Jeronimo, Butiá) e em Bagé. O carvão do RS. É utilizado como vapor em termoelétricas e transportes.
A extração do carvão no Paraná é feita no Vale do Peixe.

O carvão brasileiro apresenta vários problemas:
• Baixa qualidade, produzindo até 18% de cinzas.
• Depósitos relativamente pequenos.
• Baixo nível técnico das minas e equipamentos deficientes, encarecendo o produto.
• Distâncias dos depósitos em relação aos centros consumidores.

Para defender a produção brasileira, principalmente de Santa Catarina, o governo instituiu o uso obrigatório de 40% do carvão brasileiro nas siderurgias.
O Brasil importa carvão do EUA, da Inglaterra, Alemanha e China.
Os maiores produtores mundiais são: EUA e Rússia.

 

Petróleo

As maiores áreas produtoras de petróleo no Brasil são: Bacia de Campos no Rio de Janeiro e o Recôncavo Baiano, onde se destacam vários poços como: Água Grande, Buracica, Miranga, D. João, Taquipe, Candeias e etc.
Destacam-se também:
• Alagoas: Poços de Coqueiro Seco e Tabuleiro do Martins
• Sergipe: Poço de Carmópolis
• Maranhão: Poço de Barreirinha
• Vale Médio e Baixo Amazonas (PA)
• Litoral: norte e plataforma continental do Espírito Santo

O Brasil importa petróleo da Venezuela, Arábia Saudita, Iraque, Kuwait e outros.
Em 1953 foi criada pelo governo de Getúlio Vargas a organização Petróleo Brasileiro S/A (Petrobrás) com participação estatal de 51%.

É monopólio da Petrobrás:
• Pesquisa e prospecção da jazida.
• Refinação (com exceção das refinarias particulares já instaladas).
• Transporte de petróleo bruto.
• Importação do petróleo bruto.
O setor que não é monopólio da Petrobrás é a distribuição dos derivados

As principais refinarias de petróleo da Petrobrás são:
• Refinaria Landulfo Alves – Mataripe (BA)
• Refinaria Presidente Bernardes – Cubatão (SP)
• Refinaria Duque de Caxias – Caxias (RJ)
• Refinaria Gabriel Passos – Betim (MG)
• Refinaria Alberto Pasqualini – Canoas (RS)
• Refinaria União – Capuava (SP)
• Refinaria do Planalto – REPLAN – Paulínia (SP)
No setor de transporte de petróleo e derivados, a Petrobrás atende toda a necessidade através da FRONAPE (Frota nacional de Petroleiros).
Os terminais marítimos aparelhados para receberem petroleiros são:
• Terminal Almirante Barroso (S.Sebastião – SP)
• Terminal Almirante Tamandaré (Rio de Janeiro)
• Terminal Atalaia Velha (Sergipe)

A Petrobrás possui contratos para extrair petróleo no Iraque, Egito, Madagascar, Bolívia, Venezuela e Equador. (BRASPETRO).

Os maiores produtores mundiais de petróleo são: EUA, Venezuela, Arábia Saudita, Líbia, Kuwait, Iraque, Irã, Rússia, Bahrein, Katar e Canadá.

 

Xisto Pirobetuminoso

As duas principais reservas brasileiras de pirobetuminoso situam-se em: Paraná (Irati – São Mateus do Sul) São Paulo (Vale do Paraíba – Tremembé).
Outras jazidas ao norte e ao sul do Rio Amazonas, nas bacias dos rios Xingu, Tapajós, Maicuru, Trombetas, no MA e da Serra da Desordem e da Barra da Corda, em AL no Riacho Doce e na BA em Maraú.

Observação: Em vista da pobreza do país em carvão mineral coqueificável e da grande importação do petróleo bruto, a política energética do país deverá:
• Aumentar a capacidade instalada de energia hidroelétrica.
• Dinamizar a exploração do petróleo no país e no exterior.
• Aumentar a pesquisa no setor de carvão mineral.
• Desenvolver tecnologia para substituir parcialmente o petróleo pela energia elétrica.
• Desenvolver tecnologia para produzir toneladas de aço com menor consumo de carvão.
• Expandir a produção de energia nuclear e energias alternativas.

Revisão de Geografia: Energia Características Gerais

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta