Menu fechado
Estudo dos Gases Química Vestibular1

Revisão de Química: Estudo dos Gases

 

Química: Estudo dos Gases

Resumão – Revisão da Matéria de Química – Revisando seus conhecimentos
Química: Estudo dos Gases

Revisão de Química: Estudo dos Gases

 

Estudo dos Gases

Características de uma substância no estado gasoso – Não tem forma e nem volume próprios. Um gás tem a forma do recipiente onde está contido e ocupa todo o espaço limitado pelas paredes do recipiente. O volume de um gás é o volume do recipiente onde está contido.

Modelo do estado gasoso (teoria cinética dos gases) – Um gás é constituído por moléculas isoladas, separadas umas das outras por grandes espaços vazios em relação ao seu tamanho e em contínuo movimento de translação, rotação e vibração.

 

Gás ideal

Gás ideal ou gás perfeito – É um modelo teórico. É um gás que obedece às equações p • V/T = k e p • V = n • R • T, com exatidão matemática.
Na prática, temos gases reais. Um gás real tende para o gás ideal quando a pressão tende a zero e a temperatura se eleva.

 

Lei de Boyle e lei de Charles e Gay-Lussac

Lei de Boyle – A temperatura constante, o volume ocupado por uma quantidade fixa de um gás é inversamente proporcional à sua pressão: P • V = k = constante

Lei de Charles e Gay-Lussac – A volume constante, a pressão de uma massa fixa de um gás varia linearmente com a temperatura do gás em graus Celsius.
A pressão constante, o volume de uma massa fixa de um gás varia linearmente com a temperatura do gás em graus Celsius.

Com a introdução da escala absoluta, as leis de Charles e Gay-Lussac foram assim enunciadas:
O volume constante, a pressão de uma massa fixa de gás é diretamente proporcional à temperatura absoluta do gás.

A pressão constante, o volume de uma massa fixa de gás é diretamente proporcional à temperatura absoluta do gás.

 

Equação geral dos gases perfeitos


(número de mols constante)

Isobárica → (p1 = p2) →  → lei de Charles e Gay-Lussac

Isocórica → (V1 = V2) →  → lei de Charles e Gay-Lussac

Isotérmica → (T1 = T2) → p1 • V1 = p2 • V→ lei de Boyle

 

Volume molar de um gás

Volume molar é o volume de um mol de substância.
O volume molar de um gás é constante para todos os gases a uma mesma pressão e temperatura.
Nas CNTP, o volume molar é igual a 22,4 L/mol.

 

Densidade de um gás

Densidade de um gás nas CNTP: 

Densidade de um gás a uma pressão p e temperatura T:

Densidade de um gás A em relação a um gás B:

Densidade de um gás A em relação ao ar:
A Teoria Cinética dos Gases

O modelo utilizado para descrever o estado gasoso é a Teoria Cinética dos Gases. Esta teoria baseia-se nos seguintes postulados:
a- As unidades elementares encontram-se em rápido e constante movimento em linha reta;
b- As distâncias entre elas são muito grandes em relação ao seu tamanho;
c- Pode ser desprezado a interação entre as unidades elementares;
d- Quando ocorrem colisões entre as unidades elementares, a energia é conservada;
e- A temperatura é uma medida da energia cinética média das unidades elementares.

Além da temperatura, duas outras grandezas são fundamentais na descrição de um gás, que são a pressão e o volume. Quando um gás é colocado em um recipiente fechado, as suas unidades elementares estarão se movimentando em linha reta, em todas as direções e a altas velocidades.

Desta maneira, rapidamente elas ocuparão todo o recipiente, adotando então o seu volume. Durante o movimento, elas irão colidir entre si e também com as paredes do recipiente. Cada colisão sobre as paredes irá exercer uma pequena forca sobre ela.

Como a pressão é definida pela força exercida sobre uma determinada área (P = F / A), a pressão total será dada pelo somatório de todas as colisões sobre a área total do recipiente. A relação entre as diversas grandezas que definem o estado gasoso foram descritas pelas: Lei de Avogadro, Lei de Boyle e Lei de Charles.

Buscando uma lei geral para descrever o Estado Gasoso foi proposta inicialmente a Lei dos Gases Combinada, associando as Leis de Boyle e Charles, e finalmente a Lei dos Gases Ideais, a qual conseguiu reunir as três leis básicas. Utilizando ainda os conceitos de pressão e volume parciais, pela Lei de Dalton, pode-se utilizar aplicar estas leis para misturas gasosas.

Revisão de Química: Estudo dos Gases

Publicado em:Matérias,Química,Revisão Online

Você pode gostar também