Menu fechado
Hibridação do carbono Revisão de Química por Vestibular1

Revisão de Química: Hibridação do carbono

 

Química: Hibridação do carbono
Resumão – Revisão da Matéria de Química – Revisando seus conhecimentos
Química: Hibridação do carbono

Revisão de Química: Hibridação do carbono

 

Hibridação do carbono
O átomo de carbono sofre três tipos de hibridação ou hibridização. Hibridar ou hibridizar significa alterar a forma dos orbitais 2s (esférica), 2px, 2py e 2pz (halteres). Todos os orbitais citados, quando híbridos, adquirem a forma abaixo:

Hibridação do carbono – 1º tipo: Hibridação tetraédrica ou sp3 

Revisão de Química, hibridação tetraédica.

Hibridação tetraédrica ou sp3
Orbital Atômico
O.A.

A configuração espacial do carbono híbrido em sp3 é tetraédrica.
Número de orbitais híbridos = 4
Ângulo ente os orbitais híbridos = 109º 28´

Trata-se de carbono ” saturado ” (ligações sigma).

O elétron do orbital do subnível 2s ganha energia e passa a ocupar um orbital mais energético, e os elétrons dos orbitais 2px, 2py e 2pz do subnível p perdem energia e passam a ocupar, cada um, orbitais de menor energia (comparar o quadro da esquerda com o quadro da direita).
Os quatro orbitais híbridos são denominados de sp3 e os elétrons passam a ter a mesma energia.

 

Hibridação do carbono – 2º tipo: Hibridação trigonal plana ou sp2

Revisão de química, hibridação trigonal plana. Vestibular1

Hibridação trigonal plana ou sp2
Orbital Atômico
O.A.

A configuração espacial do carbono híbrido em sp2 é trigonal plana (figura).
Número de orbitais híbridos = 3 – no plano trigonal.
Número de orbitais “p puro” = 1 – perpendicular ao plano trigonal.
Ãngulo ente os orbitais híbridos = 120º

Trata-se de carbono ” insaturado ” com uma dupla ligação e duas ligações simples (três ligações do tipo sigma e uma do tipo pi).

O elétron do orbital do subnível 2s ganha energia e passa a ocupar um orbital mais energético, e os elétrons dos orbitais 2py e 2pz do subnível p perdem energia e passam a ocupar, cada um, orbitais de menor energia (comparar o quadro da esquerda com o quadro da direita).

Os três orbitais híbridos são denominados de sp2 e os elétrons passam a ter a mesma energia. O elétron que permaneceu no orbital 2px é chamado de “p puro” e possui energia superior a dos orbitais híbridos.

 

Hibridação do carbono – 3º tipo: Hibridação linear plana ou sp

Revisão de Química, hibridação linear plana

 

Hibridação linear plana ou sp
Orbital Atômico
O.A.

A configuração espacial do carbono híbrido em sp2 é linear plana.
Número de orbitais híbridos = 2 – no plano linear.
Número de orbitais “p puro” = 2 – perpendiculares ao plano linear e perpendiculares entre si.
Ângulo ente os orbitais híbridos = 180º

Trata-se de carbono ” insaturado ” com duas duplas ligações ou com uma tripla e uma simples ligações (duas ligações do tipo sigma e duas do tipo pi).

Revisão de Química, hibridação, carbono insaturado. Por Vestibular1
O elétron do orbital do subnível 2s ganha energia e passa a ocupar um orbital mais energético, e o elétron do orbital 2pz do subnível p perde energia e passa a ocupar um orbital de menor energia (comparar o quadro da esquerda com o quadro da direita).
Os dois orbitais híbridos são denominados de sp e os elétrons passam a ter a mesma energia. Os elétrons que permanecem nos orbitais 2px e 2py são chamados de “p puro” e possuem energia superior a dos orbitais híbridos.

Revisão de Química: Hibridação do carbono

Publicado em:Matérias,Química,Revisão Online

Você pode gostar também