Menu fechado
Império Bizantino Revisão de História em Vestibular1

Revisão de História: Império Bizantino

História: Império Bizantino

Resumão – Revisão da Matéria de História – Revisando seus conhecimentos
História: Império Bizantino

Revisão de História: Império Bizantino

 

Império Bizantino

Também conhecido como império romano do oriente. O império bizantino tem sede em Bizâncio (posteriormente chamada de Constantinopla).
Após a divisão do império romano, por causa da sua insuficiência de governo na extensão de território. O império do ocidente não conseguiu segurar as invasões Bárbaras. Já o império do oriente perdurou por muitos anos. Lembramos que o responsável pela divisão dos impérios foi Constantino.

 

A fusão de culturas 

Com intensa atividade comercial e urbana, o império bizantino alcançou grande desenvolvimento econômico e cultural. Em termos religiosos o Cristianismo era estudado com frequência.
No inicio os costumes culturais da Roma ocidental era sustentado, mas posteriormente a cultura helenística incentivou fortemente à cultura, portanto fazendo com que o império bizantino fosse à mistura do ocidente com o oriente.

 

Era de Justiniano 

Desde a divisão do império, os governantes não conseguiam estruturar o estado, isso aconteceu no séc. V com Justiniano que estruturou o estado e conseguiu fazer seu apogeu.
Justiniano foi um dos mais brilhantes imperadores bizantinos, ele moveu uma série de guerras contra bárbaros para reconquistar os territórios perdidos, muitos deles foram recuperados.

 

A revolta de Nika

Essas campanhas para retomar os territórios custaram muito dinheiro, porém Justiniano aumentou o preço dos impostos causando uma grande insatisfação da população. A população insatisfeita com a miséria e o sofrimento fizeram à revolta de Nika, que foi violentamente reprimida pelas forças do governo.
A Revolta de Nika (ou Motins de Nika) aconteceu no ano de 532 em Constantinopla durando cerca de uma semana. A revolta recebeu o nome de “Nika” porque a população gritava a palavra vitória (Nike, em grego).

 

Cesaropapismo e a grande quebra do oriente 

Após a revolta de Nika, Justiniano assumiu uma posição de absolutista: Ele assumiu o poder do estado e da igreja. Com isso ele criou certo confronto com o papa que não aprovou o feito de Justiniano. O papa não aceitava dois governantes na igreja católica. Após muitos conflitos e reuniões entre os membros um acordo foi feito: A quebra do oriente, onde aconteceu a divisão da religião católica em:
a) igreja ortodoxa: sede em Bizâncio, comandada por Justiniano.
b) igreja católica apostólica romana: sede em Roma, comandada pelo papa.

 

Realizações de Justiniano

No campo legislativo: preservou a herança jurídica romana, mandou codificar o direito romano, extensa obra de leis destacando o código de Justiniano.
No campo administrativo: Justiniano construiu diversas obras públicas, como hospitais, pontes, escolas.

 

Decadência do império bizantino 

Após a morte de Justiniano, uma série de ataques externos aconteceu no império,enfraquecendo. Assim este império perdurou até o séc. XV, sendo dominado pelos turcos otomanos em 1453, marcando o final da idade média e o início da idade moderna.

Consequências da tomada de Constantinopla 

Surgimento do grande império turco otomano.
A migração de grandes sábios do império do oriente para o ocidente levando consigo grande conhecimento que levou a formação do renascentismo.
A quebra do comércio entre a Ásia e Europa levando a procura de outros caminhos para acessar o oriente.

Economia e sociedade 

Devido a sua localização entre a Europa e a Ásia o império bizantino desenvolveu como atividade mais importante da economia o comércio.

Comércio e artesanato 

O governo utilizava seus funcionários para monitorar a comercialização de mercadorias, eles olhavam além da quantidade a qualidade.
Os principais produtos comercializados foram perfumes finos, tecidos de ceda, porcelanas e peças de vidro.
O artesanato também era supervisionado pelo governo, porém o governo possuía diversas empresas.

Agricultura

A grande produção agrícola vinha das terras da aristocracia, os donos eram a nobreza e oficiais do exercito. Quem prestava serviço nessas terras era um grande número de servos.

Classes sociais 

Devido a grande importância do comércio a vida urbana era extremamente movimentada e as principais classes se encontravam nas cidades.
Para se ter uma ideia a principal cidade do império, que era bem localizada em relação ao império, possuía mais de 1 milhão de habitantes.
Vamos ver as classes:
1. Grandes comerciantes, donos de oficinas manufatureiras (trabalho manual) Alto clero e funcionários do alto clero;
2. Artesão, funcionários de médio e baixo escalão e pequenos comerciantes;
3. A maioria da população: empregados das manufaturas, servos.

Cultura 

A grande variedade de povos que viveram no império bizantino,influenciou a produção cultural.

Religião 

Houve muitos problemas religiosos no império. Justamente por causa da diversidade de povos e culturas em um mesmo lugar. Havia sempre debates sobre as religiões e geralmente o que mais se ouvia eram dois pontos de vistas diferentes:
. Monofisismo: Afirmava que cristo tinha apenas a natureza divina, negava-se que cristo existiu humanamente.
. Iconoclastia: pregava-se a destruição de imagens de santos, proibindo sua utilização em templos.
Sempre por trás das opiniões religiosas, havia as disputas políticas que na maioria das vezes eram pela conquista da confiança do povo.

Artes 

Nas artes os bizantinos souberam combinar perfeitamente combinar o luxo e o exotismo orientais com o equilíbrio e a leveza da arte clássica greco-romana.
A arquitetura foi uma das artes mais praticadas em bizâncio. Os bizantinos também se destacaram na arte do mosaico uma composição artística feita de inúmeros pedaços de pedra e vidro coloridos, e recoberta por ouro em folha.
A escultura bizantina servia aos ideais religiosos.produziam-se peças de refinado valor, utilizando materiais como vidro, marfim e ouro.

Revisão de História: Império Bizantino

Publicado em:História,Matérias,Revisão Online

Você pode gostar também