Menu fechado
Revisão de Literatura: Pré-Modernismo por Vestibular1

Revisão de Literatura: Literatura Pré-Modernismo

 

Revisão de Literatura: Literatura Pré-Modernismo

Resumão – Revisão da Matéria de Literatura – Revisando seus conhecimentos
Literatura: Literatura Pré-Modernismo
 
Literatura Pré-Modernismo

Características:
a) realidade nacional
b) regionalismo vigoroso e crítico

1. Graça Aranha

a) Biografia
Nasceu em São Luiz do Maranhão. Foi discípulo de Tobias Barreto. Participou da Semana de Arte Moderna. Faleceu no Rio de Janeiro.
b) Obras
Canaã (romance)
Malasarte (drama folclórico em 3 atos)
Estética da Vida (romance)
Viagem Maravilhosa (romance)
Espírito Moderno (conferência)
A Emoção Estética na Arte Moderna (conferência)
c) Apreciação Crítica:
“Canaã”: romance a que se deveu sua celebridade; é construído a partir da observação de uma pequena comunidade de imigrantes alemães (Milkau e Lentz). “O Espírito Santo”: evidenciando contraste entre o alemão, fruto de uma civilização européia adiantada, e o miserável homem rural e provinciano brasileiro.
“Malasarte”: drama caracteristicamente simbolista, representa a luta, na pessoa humana, entre o desejo violento dos prazeres e as forças da moral (Malasarte, Dionísio e Eduardo). “Viagem Maravilhosa”: procurou por um lado oferecer uma visão total da realidade brasileira contemporânea, e, por outro lado, a história de um homem que se realizou pelo amor e pela satisfação de seus ideais.

2. Lima Barreto
a) Obras:
Recordações do Escrivão Isaías Caminha (romance)
Triste fim de Policarpo Quaresma (romance)
Numa e Nifa (romance da vida contemporânea)
Vida e Morte de M.J. Gonzaga de Sá (romance)
Histórias e Sonhos (contos)
Cemitério dos Vivos (incompleto)
Clara dos Anjos (póstuma)
b) Apreciação crítica:
“Recordações do Escrivão Isaias Caminha” : romance em primeira pessoa, autobiográfico , retrato da vida de um grande jornal da época. Sátira a figurões da imprensa e das letras. Extravasamento de suas decepções e revoltas.
“Triste fim de Policarpo Quaresma” : mostra com clareza o ridículo e o patético de um nacionalismo fanatizante e anacrônico. Romance em terceira pessoa. O Maior sonho de Policarpo: “o tupi como língua oficial do Brasil”.
“Clara dos Anjos” : romance autobiográfico, e a triste ruína de um homem que se entrega a embriaguez.

3. Monteiro Lobato
a) Obras:
Urupes (1918) (12 histórias tiradas do sertão paulista)
O macaco que se fez homem
Cidades Mortas (crítica às autoridades)
Ideias de Jeca-Tatu
Negrinha (contos)
A Barca de Gleyre (correspondência com Godofredo Rangel)
b) Literatura Infantil:
Reinações de Narizinho
Viagem ao Céu
O Pica-pau Amarelo
Emília no País da Gramática, etc.
c) Apreciação Crítica:
Indagação sobre os problemas do país e preocupação em construir o seu futuro. Inovação na arte de contar. Crítico de costumes, demolição de tabus, acentuado gosto por elementos macabros, sombrios.

Veja mais:
Euclides da Cunha – Os Sertões
Lima Barreto – O Triste fim de Policarpo Quaresma
Monteiro Lobato – Jeca Tatu / Zé Brasil

Acesse também biografias dos autores

Acesse a seção de Escolas literárias e saiba mais sobre o Pré-Modernismo

Treine agora: Simulados ExpressSimulados OnLineSimulados por Matérias, Exercícios por matérias, Exercícios Resolvidos.

Revisão de Literatura: Literatura Pré-Modernismo

Publicado em:Literatura,Matérias,Revisão Online

Você pode gostar também