Menu fechado
Revisão de História: Iluminismo Vestibular1

Revisão de História: Iluminismo

 

História: Iluminismo

Resumão – Revisão da Matéria de História – Revisando seus conhecimentos
História: Iluminismo

Revisão de História: Iluminismo

 

Iluminismo

O que foi o Iluminismo

Nos séculos XVII e XVIII, o capitalismo foi se desenvolvendo rapidamente em alguns países da Europa. Esse desenvolvimento foi se desenvolvendo rapidamente em alguns países da Europa. Esse desenvolvimento foi seguido por outro grande progresso nas técnicas de produção na sociedade e na política.
No século XVII, a burguesia assumiu o poder na Inglaterra e, no final do século XVIII, a burguesia francesa também assumiria o poder político em seu país.

O desenvolvimento das técnicas de produção levou a um grande desenvolvimento das ciências naturais. Para se expandir a produção, era necessário conhecer-se as propriedades da matéria. Verificou-se, então, um desenvolvimento considerável de ciências, como a mecânica, a física e a química. As ciências naturais desenvolviam o método experimental. Os cientistas decompunham as coisas em partes e estudavam cada parte isoladamente. Esta era à base do método analítico (estudo das partes de um todo), que foi introduzido, também nas chamadas ciências do homem.

Os filósofos e cientistas desse período acreditavam que a utilidade da ciência e da filosofia era dar ao homem o conhecimento e o domínio da natureza e da sociedade.
Importantes filósofos desse período acreditavam que o mundo se baseava em dois elementos: a matéria e a consciência. A consciência ou a razão humana é, pois, a única fonte de conhecimento da natureza e da vida em sociedade. Esse racionalismo (uso da razão) implicava numa crítica à fé como fonte de conhecimento. Os racionalistas, portanto, se punham contra a religião e a Igreja, onde viam um instrumento de ignorância e tirania.

Esses estudiosos, no plano da política, criticavam as instituições do Estado absolutista. Manifestavam-se pela restrição do poder real e criticavam também a política econômica do mercantilismo, com a constante intervenção do Estado na economia, que limitava o direito de propriedade.

É a este movimento de renovação intelectual que damos o nome de Iluminismo, cujo início se deu na Inglaterra, no final do século XVII, tendo atingido seu apogeu da França no século XVIII. Expandiu-se ainda pelo norte da Europa e influenciou a América.

 

As características do Iluminismo

O Iluminismo foi a ideologia da burguesia em ascensão: o pensamento iluminista foi um produto das transformações econômicas, políticas e sociais europeias ocorridas a partir do século XVII. Essas transformações foram: o desenvolvimento das técnicas de produção capitalistas, o domínio do poder político pela burguesia na Inglaterra e a ascensão da burguesia europeia.

Na medida em que criticou o Estado absolutista e a política econômica do mercantilismo, preconizado a igualdade dos poderes e a liberdade de propriedade, representou a teorização dos interesses econômicos e políticos da ascendente burguesia.

O Iluminismo opôs ao idealismo o materialismo: segundo os iluministas, o Universo é composto de matéria. Entende-se por matéria tudo que excita os sentidos do homem. O movimento representa o autodinamismo da matéria e tem sua origem na própria matéria, resultante de leis naturais, que o homem não consegue modificar.

O conhecimento, que era entendido como um reflexo dos fenômenos existentes na razão humana nascia das sensações, ou seja, os objetos, ao excitarem os sentidos humanos, produzem as sensações que, por sua vez, produzem o conhecimento. Assim sendo, o iluminismo criticava a explicação idealista religiosa do mundo.

Colocou a razão humana como guia do conhecimento e ação do homem: o uso da razão humana era considerado como a forma autêntica para a compreensão da natureza e da sociedade. O conhecimento e o domínio da natureza eram condições básicas da liberdade humana.

Leia também: Principais Pensadores e Escolas do Iluminismo

Revisão de História: Iluminismo

Publicado em:História,Matérias

Você pode gostar também