Menu fechado
O Ensino da Geografia Revisão de Atualidades Vestibular1

Revisão de Atualidades: O Ensino da Geografia

 

Atualidades: O Ensino da Geografia

Resumão – Revisão da Matéria de Atualidades – Revisando seus conhecimentos
Atualidades: O Ensino da Geografia

Revisão de Atualidades: O Ensino da Geografia

 

O Ensino da Geografia

 

Vivemos na sociedade do conhecimento, logicamente que algumas diferenciações perceptíveis; dentre países, desde o desenvolvimento a possibilidade de acesso ao conhecimento e à informação.
O mundo contemporâneo nos demanda uma formação e uma atualização profissional permanente, que possa alcançar quase todos os aspectos produtivos, dentro de um mercado de trabalho complexo, mutável, flexível e imprevisível, junto a um ritmo de transformações aceleradas que nos obriga a estar aprendendo sempre coisas novas.

Nossas necessidades de aprendizagem nos direcionam a uma dedicação coerente, para adquirirmos conhecimentos culturalmente relevantes para nossa inserção social, relacionando-as ao âmbito de nosso crescimento e sociabilidade profissional.
Estamos direcionados a construir novos desafios, para que possamos compreender e estabelecer alternativas para crise civilizatória global, dentro de um contexto de construção e inovação de paradigmas nas sociedades, na ciência, na educação, na ética, entre outros âmbitos. Ou seja, estamos direcionados ao desafio de encontrar novos caminhos para a apropriação e produção dos conhecimentos.

Desde então podemos notar a importância, mais do que nunca da geografia, para nos auxiliar numa interpretação crítica deste novo mundo, destes novos desafios, reorganizando nossa forma de percepção e análise, dentro de uma geografia global coerente. Unindo a educação à vida, procurando estreitar nossa relação com a sociedade e com o ambiente, que é nossa realidade.

O papel da geografia como da história é de incentivar alunos e professores a pensar melhor, sobretudo o que ocorre em seu cotidiano, sendo em seu país ou no mundo. Este direcionamento do novo pensamento geográfico vai de encontro aos professores que, necessitam preparar aulas contendo assuntos interativos e diversificados.

Então se faz importante o professor captar e fornecer ao aluno, as informações básicas e elementares para um acesso amplo ao conhecimento geográfico, para que de forma mais fiel e precisa, o aluno possa interpretar a realidade que o cerca. Todo enfoque geográfico para temas relevantes como: socioeconômicos, políticos e ambientais, tendo a globalização como um fio condutor, para que possamos despertar mais conhecimento e maturidade, além de adquirirmos experiência para analisarmos assuntos complexos como a própria globalização.

Necessitamos compreender a sociedade, sua gênese e transformação, e os múltiplos fatores que nela intervêm, como produtos da ação humana; a si mesmo como agente social; e os processos sociais como orientadores da dinâmica dos diferentes grupos de indivíduos.

Precisamos partir de uma concepção de geografia como ciência humana, e do espaço geográfico como espaço social, resultado da progressiva humanização da natureza. O professor José William Vesentini; destaca: “Pensamos que um dos objetivos centrais do ensino de geografia é contribuir para a formação de cidadãos, e que o exercício da cidadania pressupõe a critica“.

Nesse sentido, evitamos sugerir caminhos pré-estabelecidos, pois o desenvolvimento do espírito crítico não se confunde com a doutrinação. O conhecimento dos conteúdos geográficos, vão além da sala de aula, do professor e de seu material didático.
A quantidade de informação que dispomos; faz-se presente dentro da responsabilidade conceitual, em que todo conteúdo destacado precisa de base e critérios para não se tornar vazio e irrelevante; mas envolvido com tudo que nos cerca e direcionado à sociedade e o que se passa com ela, diversificando condutas e ao mesmo tempo trabalhando as transformações vigentes.

A geografia não é uma disciplina enfadonha e decorativa; pelo contrário, ela se faz presente dentro de uma dinâmica social pensando e repensando o espaço, as transformações em que nele ocorre, e preocupa-se em direcionar seu pensamento para o ser humano e seus relacionamentos, seja homem/natureza, homem/sociedade, seja esta qual for.

Todas as informações que nos chegam, servem como ferramentas para análise e reflexão, para que possamos ultrapassar fronteiras, buscar outras formas de conhecimentos, fazer novas abordagens e aprofundar nosso interesse. O significado conhecimento ultrapassou, há muito tempo, as fronteiras da sala de aula e os conteúdos dos livros didáticos.
Como exemplo podemos notar que as transformações decorrentes no planeta voam de minuto a minuto, são velozes, não cabendo tempo à atualização do livro didático no mesmo instante, assim, toma como ferramenta uma abordagem profunda de todos os acontecimentos e, o interlocutor neste caso o professor necessita estar atento e atualizado com os fatos.

Revisão de Atualidades: O Ensino da Geografia
Péricles G. da Silva, professor

Publicado em:Atualidades

Você pode gostar também