Menu fechado
Invertebrados Filo dos anelídeos Vestibular1

Invertebrados Filo dos anelídeos

 

Revisão de Biologia: Invertebrados Filo dos anelídeos

Resumão – Revisão da Matéria de Biologia – Revisando seus conhecimentos
Biologia: Invertebrados Filo dos anelídeos

 

Invertebrados Filo dos anelídeos

Características dos filos:
Reprodução;
Respiração;
Exemplos;
Estrutura;

Invertebrados Filo dos anelídeos

Como o próprio nome já sugere, são animais com o corpo todos segmentados, isto é, dividido em anéis. Na maioria dos anelídeos, observamos grossos fios de quitina que são chamados de cerdas. Estas se apresentam em feixes ou isoladas e são usadas para auxiliar na locomoção.
São animais que vivem em ambientes úmidos ou aquáticos, pois precisam manter a pele sempre umedecida. Apresentam respiração cutânea, isto é, pela pele. As principais classes de anelídeos são:

• Oligoquetos: animais detritívoros que compõe o húmus. Escavam galerias e canais buscando alimento (restos vegetais) e abrigo. Têm a pele revestida de muco, são viscosas, pois fazem respiração cutânea, este auxilia o seu deslocamento e as protege de doenças. Sua reprodução se dá por fecundação cruzada e são hermafroditas.
Ex: minhoca.

• Poliquetos: marinhos, ficam flutuando ou ainda no interior de tubos fabricados por eles mesmos, à base de calcário de restos de conchas e da areia. Apresentam muitas cerdas e a sua respiração é branquial. Ex: tubícola.

• Hirudíneos: alimentam-se de sangue de vertebrados. Vivem em regiões de pântanos ou charcos, isto é, em ambientes úmidos. Apresentam uma ventosa na região da boca além de uma mandíbula serrilhada. Não apresentam cerdas pelo corpo. Ex: sanguessuga.

 

Resumo Invertebrados Filo dos anelídeos

Diagnose de um anelídeo: Animal de corpo metamerizado; triblásticos; celomado; sistema digestivo completo; simetria bilateral.
Habitat: animais de vida livre, terrestres e de água doce ou salgada.
Exemplos: Um oligoqueto terrestre bem conhecido é a minhoca-louca e a sanguessuga.
Sistema digestivo: presente, completo (intestino com regiões diferenciadas – faringe, papo, moela e etc.) digestão extracelular.
Sistema circulatório: presente, do tipo fechado (presença de vasos pulsáteis).
Sistema respiratório: ausente (trocas gasosas ocorrem pela superfície corporal, bem irrigada de sangue).
Sistema excretor: presente (excreção por meio de nefrídios).
Sistema nervoso: presente (composto por uma nervosa ventral, com um par de gânglios por segmento).
Reprodução: sexuada; existindo espécies monoicas e dioicas; em alguns casos o desenvolvimento é direto, e em outros existem estágios larvais.

Continue estudando os Invertebrados:
Invertebrados Filo dos Poríferos
Invertebrados Filo dos Celenterados
Invertebrados Filo dos Platelmintos
Invertebrados Filo dos Nematelmintos
Invertebrados Filo dos Moluscos
Invertebrados Filo dos Artrópodes
Invertebrados Filo dos Equinodermos

Para obter uma boa nota no Enem, visite nosso canal exclusivo do Enem e saiba tudo que precisa sobre este exame! Inicie sua preparação e revisão com as provas de anos anteriores com os gabaritos completos: Prova e gabarito de anos anteriores.
Revisão de Biologia: Invertebrados Filo dos anelídeos

Publicado em:Biologia

Você pode gostar também