Menu fechado
Invertebrados Filo dos Poríferos Vestibular1

Invertebrados Filo dos Poríferos

 

Revisão de Biologia: Invertebrados Filo dos Poríferos

Resumão – Revisão da Matéria de Biologia – Revisando seus conhecimentos
Biologia: Invertebrados Filo dos Poríferos

 

Invertebrados Filo dos Poríferos

Características dos filos: 
Reprodução;
Respiração;
Exemplos;
Estrutura;
Desenho do animal correspondente;

Introdução

O reino Animal por ser muito extenso, é subdividido em dois grandes grupos: os Vertebrados, que possuem vértebras, e os invertebrados, que não as possuem, e são a maior parte dentro do reino dos animais.
Os invertebrados simbolizam o inicio da vida animal na terra, são os seres mais simples dentro do reino estudado.

Sabemos que os animais tiveram inicio do desenvolvimento do reino protista, em torno de 700 milhões de anos atrás. Os seres mais simples, os poríferos existem até hoje, entretanto outros foram totalmente extintos da fauna como os dinossauros.
Devido à intensa exploração humana muitos animais foram extintos sem piedade e os que existem atualmente vão ao mesmo caminho.

Nesse trabalho estudaremos somente a subdivisão dos invertebrados, que como já foi dito são os seres mais simples.
Devido sua grande diversidade eles são subdivididos em oito filos distintos: Esponjas ou poríferos, Cnidários, Platelmintos, Nematelmintos, Moluscos, Anelídeos, Artrópodes, Equinodermos.

Os invertebrados são extremamente importantes para a harmonia da vida terrestre, portanto, são indispensáveis a todos os ecossistemas. Nós Estudaremos suas principais características morfológicas, fisiológicas; sua reprodução; sua respiração e, finalmente, sua estrutura.
Será uma grande aventura adentro de um reino que esconde muitos mistérios e que serão descobertos a cada tópico estudado.

 

Invertebrados Filo dos Poríferos

Os poríferos (espongiários ou esponjas) constituem o grupo mais simples de animais. Embora multicelulares, com células relativamente especializadas, sua organização é rudimentar. A simplicidade de sua estrutura faz com que seu modo de vida seja em colônias.
O nome porífero refere-se ao fato de os representantes deste filo apresentar o corpo todo perfurado por poros microscópicos. Quando se trata de uma esponja simples e individual, podemos dizer que ela é um organismo que vive de forma fixa em um substrato submerso.

A parede do corpo da esponja é composta por duas camadas celulares: a externa é constituída por células achatadas chamadas pinacócitos e a interna é formada por células flageladas, denominadas coanócitos.
Cada poro é um canal microscópio que atravessa o citoplasma de uma célula especializada chamada porócito, e é através dos poros que a água, trazendo oxigênio e partículas alimentares, penetra na cavidade atrial do espongiário.

As esponjas não têm sistemas muscular, nervoso ou sensorial; pequenas modificações na forma do corpo, entretanto, podem ser consideradas pela retração das células de revestimento e dos porócitos.
Quanto a alimentação, as esponjas são animais filtradores, em consequência, a água penetra pelos poros da parede corporal.

A água que entra contém os gases necessários à respiração e também partículas alimentares em suspensão. As partículas alimentares são capturadas pelos coanócitos, capazes de realizar a fagocitose, assim o alimento é digerido intracelularmente em vacúolos digestivos.
Todos os espongiários são aquáticos, e a maioria das espécies vive no mar, algumas vivem isoladamente outras formam colônias.

Sua coloração pode variar do laranja ao vermelho, do azul ao negro.
Os poríferos se reproduzem tanto assexuada como sexuadamente. Varias espécies reproduzem-se por brotamento; os brotos geralmente permanecem unidos, crescem e formam uma colônia de espongiários. As esponjas também apresentam formas sexuais de reprodução.
Células ameboides do corpo sofrem meiose e diferenciam-se em óvulos e espermatozoides. Os espermatozoides são liberados na água e penetram na parede do corpo das fêmeas, onde fecundam os óvulos.

 

Resumo Invertebrados Filo dos Poríferos

Diagnose de um porífero: animal filtrador, com nível simples de organização corporal, não apresenta qualquer órgão ou sistema.
Habitat: ambiente aquático, a maioria das espécies é marinha.
Exemplo: poríferos usados como esponjas de banho (gênero Spongia)

Dados da anatomia e fisiologia:
Sistema digestivo: ausente (alimento fagocitose por coanócitos)
Sistema circulatório: ausente (difusão de substancias através dos espaços entre as células).
Sistema respiratório: ausente (trocas gasosas ou simples difusão)
Sistema excretor: ausente (excreções lançadas, por difusão, na água circundante).
Sistema nervoso: ausente
Reprodução: assexuada, por fragmentação e brotamento; sexuada, com desenvolvimento indireto (larva anfiblástula).

Continue estudando os Invertebrados:
Invertebrados Filo dos Celenterados
Invertebrados Filo dos Platelmintos
Invertebrados Filo dos Nematelmintos
Invertebrados Filo dos Anelídeos
Invertebrados Filo dos Moluscos
Invertebrados Filo dos Artrópodes
Invertebrados Filo dos Equinodermos

Revisão de Biologia: Invertebrados Filo dos Poríferos

Publicado em:Biologia

Você pode gostar também