Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento - Vestibular1

Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento

Revisão de Filosofia: Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento

 

Filosofia: Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento

Resumão – Revisão da Matéria de Filosofia – Revisando seus conhecimentos
Filosofia: Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento

Revisão de Filosofia: Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento

 

Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento

Às vezes percebemos que algumas ideias tomam vida própria e passam a nos dominar. Mal sabemos o imenso poder que elas têm sobre nós quando estamos desatentos ou quando pensamos que pensamos. Mas com consciência crítica, todos nós podemos elaborar nossas próprias concepções.

IDEOLOGIA é uma forma de consciência da realidade, mas uma consciência parcial, ilusória e enganadora que se baseia na criação de conceitos e preconceitos como instrumentos de dominação. Designa os sistemas de ideias que elaboram uma “compreensão da realidade” para ocultar ou dissimular o domínio de um grupo sobre outro.
ANTERIORIDADE – a ideologia funciona como um conjunto de ideias
GENERALIZAÇÃO – a ideologia tem como finalidade de produzir um consenso coletivo
LACUNA – a ideologia é uma lógica construída na base de lacunas, omissões, silêncios e saltos.

A VONTADE SEM FORÇA
A generalização da afirmativa “querer é poder” oculta o peso enorme das desigualdades sociais que separam os homens em termos de alimentação, educação, trabalho e capital.
O que é contra a ideologia do “querer é poder” não elimina a importância da chamada “força de vontade” na realização dos nossos objetivos.

IDEOLOGIA NA ESCOLA
CADA UM PARA SI – a escola frequentemente ensina os alunos a competirem uns c/ os outros.
OS SENTIMENTOS DE INFERIORIDADE E DE SUBMISSÃO – os alunos que fracassam na escola ou não conseguem o mesmo sucesso que os outros em geral são ridicularizados.
O RESPEITO PELA ORDEM SOCIAL VIGENTE – o aluno é levado a reverenciar a ordem social existente

 

Ideologia X Filosofia
A teoria filosófica constitui uma construção aberta, dinâmica e criadora. Ao contrário, as ideologias são doutrinas fechadas, rígidas pretensamente completas.
A parcialidade da racionalização ideológica
A maior parte do raciocínio humano consiste em descobrirmos argumentos para continuarmos a crer no que cremos.

 

TEORIA DO CONHECIMENTO: INVESTIGANDO O SABER
A questão do conhecimento
Para compreender a si e o mundo os homens querem entender a sua própria capacidade de entender

Teoria do Conhecimento: as condições do conhecimento verdadeiro
A teoria do conhecimento é uma reflexão filosófica com o objetivo de investigar as origens, as possibilidades, os fundamentos, a extensão e o valor do conhecimento.

Sujeito e Objeto: os dois elementos do processo de conhecimento
Conhecer é representar cuidadosamente o que é exterior à mente. Para que exista conhecimento, sempre será necessária a relação entre dois elementos básicos: um sujeito conhecedor (nossa consciência, nossa mente) e um objeto conhecido (a realidade, o mundo, os inúmeros fenômenos).

As possibilidades do conhecimento
O ceticismo prega a impossibilidade de conhecermos a verdade.
O dogmatismo defende a possibilidade de conhecermos a verdade.

Ceticismo absoluto: tudo é ilusório e passageiro
O ceticismo absoluto consiste em negar de forma total nossa possibilidade de conhecer a verdade. Assim, o homem nada pode afirmar, pois nada pode conhecer.
Ao dizer que nada é verdadeiro, o ceticismo absoluto anula a si próprio, pois diz que nada é verdadeiro, mas acaba afirmando que pelo menos existe algo de verdadeiro.
O ceticismo relativo nega apenas parcialmente nossa capacidade de conhecer a verdade.
Dogmatismo: a certeza da verdade
Dogmatismo é uma doutrina que defende a possibilidade de conhecermos a verdade.
Dogmatismo ingênuo consiste em acreditar plenamente nas possibilidades do nosso conhecimento.
Dogmatismo crítico acredita em nossa capacidade de conhecer a verdade mediante um esforço conjugado de nossos sentidos e nossa inteligência.

Empirismo: a valorização dos sentidos como fonte primordial
O empirismo defende que todas as nossas ideias são provenientes de nossas percepções sensoriais (visão, audição, tato, paladar, olfato).

Realismo Crítico e Materialismo dialético: a experiência e o trabalho da razão
A palavra Racionalismo significa razão. O termo está sendo empregado para designar a doutrina que deposita total e exclusiva confiança na razão humana como instrumento capaz de conhecer a verdade.

 

Revisão de Filosofia: Ideologia e Dominação Social Teoria do Conhecimento

Fonte: Colégio Salete Uniban

Vestibular1

Vestibular1 sempre o Número 1 para Enem, Vestibulares, Concursos, Processos Seletivos. Seja qual for a prova ou exame que vá enfrentar, conte com nosso apoio na revisão dos estudos. Revise matérias e treine com nossos simulados, testes e problemas de matérias específicas. Aquelas provas e exames que vai enfrentar serão mais tranquilas, acesse e confira!

Deixe uma resposta