Menu fechado
Produção literária Brasil Quinhentismo Barroco Arcadismo Vestibular1

Literatura: Produção literária Brasil Quinhentismo Barroco Arcadismo

 

Revisão de Literatura: Produção literária Brasil Quinhentismo Barroco Arcadismo
Resumão – Revisão da Matéria de Literatura – Revisando seus conhecimentos

 

Produção literária Brasil Quinhentismo Barroco Arcadismo

Principais autores e Obras – Quinhentismo

Literatura informativa de origem ibérica
– Ambrósio Fernandes Brandão – Diálogo das grandezas do Brasil
– Gabriel Soares de Sousa (1540?-1591) – Tratado descritivo do Brasil
– Pero Lopes e Sousa – Diário de navegação
– Pero de Magalhães Gândavo – Tratado da Terra do Brasil, História da Província de Santa Cruz a que vulgarmente chamamos Brasil
– Frei Vicente de Salvador (1564-1639) – História da Custódia do Brasil

Literatura informativa de autores não ibéricos
– André de Thevet – As singularidades da França Antártica
– Antonil (Giovanni Antonio Andreoni, 1650-1716?) – Cultura e opulência do Brasil
– Hans Staden – Meu cativeiro entre os selvagens do Brasil
– Jean de Lery – História de uma viagem feita à terra do Brasil

Literatura dos Catequistas
– Fernão Cardim – Tratado da Terra e da gente do Brasil
– José de Anchieta (1534-1597) – Cartas, informações, fragmentos históricos e sermões: De gentis Mendis de Saa; De Beata Virgine dei Matre Maria; Arte da gramática da lingua mais usada na costa do Brasil; e os autos: Auto da pregação universal; Na festa de São Lourenço; Na visitação de Santa Isabel
– Manuel da Nóbrega – Cartas do Brasil; Diálogo sobre a conversão do gentio

 

Principais autores e Obras – Barroco

– Bento Teixeira (1561-1600) – Prosopopeia
– Gregório de Matos Guerra (1623-1696) – Poesia sacra; Poesia lírica; Poesia satírica (2 volumes); Últimas
– Manuel Botelho de Oliveira (1636-1711) – Música do Parnaso
– Frei Manuel de Santa Maria Itaparica (1704-?) – Descrição da Cidade da Ilha de Itaparica; Estáquidos
– Padre Antônio Vieira (1608-1697) – Obra composta de sermões (15 volumes), cartas e profecias (as principais: Sermão pelo bom sucesso das almas de Portugal contra as de Holanda; Sermão da sexagésima; Sermão da primeira dominga da Quaresma; Sermão de Santo Antônio aos peixes; e as profecias: Histórias do futuro e Clavis prophetarum

 

Principais autores e Obras – Arcadismo

– Alvarenga Peixoto (1748-1793) – Enéias no Lácio e obra poética esparsa
– Basílio da Gama (1740-1795) – O Uraguai
– Cláudio Manuel da Costa (1729-1789) – Obras; Vila Rica; Fábula do Ribeirão do Carmo
– Santa Rita Durão (1722-1784) – Caramuru
– Silva Alvarenga (1749-1814) – Obras poéticas; Glaura; O desertor
– Sousa Caldas (1762-1814) – Obra esparsa (poemas, traduções, cartas)
– Tomás Antônio Gonzaga (1744-1810) – Marília de Dirceu; Cartas Chilenas; Tratado de Direito Natural

 

Continue lendo sobre a Produção literária no Brasil:
Produção literária no Brasil Romantismo
Produção literária no Brasil Realismo Naturalismo
Produção literária no Brasil Parnasianismo Simbolismo
Produção literária no Brasil Pré-Modernismo
Produção literária Brasil Pós-Modernismo
Produção literária no Brasil Modernismo
Produção literária Brasil Produções Contemporâneas
Produção literária Brasil Principais datas

 

Produção literária Brasil Quinhentismo Barroco Arcadismo

Publicado em:Literatura

Você pode gostar também