Menu fechado
Revisão de Literatura: Significação Vestibular1

Revisão de Literatura: Significação

Literatura: Significação

Resumão – Revisão da Matéria de Literatura – Revisando seus conhecimentos
Literatura: Significação

Revisão de Literatura: Significação
Significação

O termo derivação se refere a um conjunto de diversos processos de formação de novas palavras a partir de um único radical. A derivação pode ser por prefixação, por sufixação ou ainda pode ser derivação parassintética, derivação regressiva e derivação imprópria.

Derivação Imprópria

Chama-se derivação imprópria o processo de alteração da classe da palavra (sem quaisquer alterações estruturais da palavra) em que esta passa a se referir a uma nova significação.
Exemplos: A palavra burro, que originariamente se remete a um animal quadrúpede (substantivo) passou também a ser empregada na designação de qualquer pessoa a que se quer referir por sua inépcia (adjetivo). Outro exemplo se dá na palavra oliveira (substantivo comum), que pode se transformar num sobrenome de família (Oliveira: substantivo próprio).
Este processo não se dá no campo morfológico (não há ocorrência de processos de ordem morfológica), mas sim no campo da semântica.

Derivação Parassintética

Dá-se o nome de derivação parassintética ao processo de união simultânea necessária de um prefixo e um sufixo a determinado radical para a formação de uma nova palavra. Nas palavras resultadas deste processo, a simultaneidade da agregação dos afixos ao radical é condição fundamental.

Exemplos de algumas palavras resultadas deste processo, observamos:
Entardecer (Prefixo en- e sufixo -cer para o tema tarde: não existem formas do tema em que apenas um destes afixos a ele se agregam)
Empobrecer, adoecer, adocicar, etc.

Derivação por Prefixação

Derivação por prefixação é o processo de formação de novas palavras a partir do acréscimo de prefixos a radicais.

Exemplo: A partir da palavra destinar, pode-se formar outra palavra por derivação prefixal: predestinar (prefixo pre-; sentido de anterioridade).

Derivação por Sufixação

Derivação por sufixação é o processo de formação de novas palavras a partir do acréscimo de sufixos a radicais.
Exemplo: A partir da palavra real, pode-se formar outra palavra por derivação sufixal: realismo (sufixo -ismo : no caso da palavra realismo, utilizado para designar um dado sistema de ideias artísticas).
A partir da mesma palavra, deriva-se por sufixação a palavra realista (sufixo -ista : no caso da palavra realista, utilizado para designar aquilo que é relativo a realismo, como “romance realista” ou, de forma geral, aquele que é partidário do realismo, ou ainda aquele que age com realismo).

O processo de derivação por sufixação é responsável:
-pelas flexões de grau dos vocábulos (sufixos aumentativos e diminutivos, tendo como exemplo a palavra casa, da qual se derivam as palavras casinha e casão ou casarão);
-pelas mudanças de classe dos vocábulos (por exemplo, a mudança de classe do adjetivo belo para o substantivo beleza);
-pelas flexões dos modos e tempos verbais nos verbos.

Derivação Regressiva

Dá-se o nome de derivação regressiva ao processo de formação de palavras em que a palavra primitiva sofre regressão, isto é, perde elementos de sua forma original. Este tipo de processo é observável, sobretudo, na formação de substantivos originados de verbos.
Tais substantivos são denominados, portanto, substantivos deverbais. A derivação regressiva também é observada em algumas formas nominais que sofreram regressão por conterem em sua terminação elementos que se assemelham à flexão de grau (tendo como exemplos, as palavras sarampão e rosmaninho, das quais se derivaram sarampo e rosmano, que são radicais falsos).

Outros exemplos: amparo (do verbo amparar), consumo (do verbo consumir), embarque (do verbo embarcar). As formas nominais que lembram ações são formadas por este tipo de derivação.

Sinônimos

São palavras diferentes na forma, mas iguais ou semelhantes na significação. Os sinônimos podem ser:
a)perfeitos
b)imperfeitos
Sinônimos Perfeitos
Se a significação é igual, o que é raro.
Ex.:
avaro – avarento
léxico – vocabulário
falecer – morrer
escarradeira – cuspideira
língua – idioma
Sinônimos Imperfeitos
Se semelhantes é o mais comum.
Ex.:
córrego – riacho
belo – formoso
Antônimos
São palavras diferentes na forma e opostas na significação.
Ex.:
sim – não
abaixar – levantar
nascer – morrer
correr – parar
sair – chegar
belo – feio
vida – morte

Homônimos

Vem do grego “homós” que quer dizer: “igual”, “ónymon” que significa “nome”. São palavras iguais na forma e diferentes na significação.
Homônimos podem ser:
a)Homônimos homófonos
b)Homônimos homógrafos

Homônimos Homófonos
São os que têm som igual e significação diferente.
Ex.:
cerrar (fechar)
serrar (cortar)

chá (bebida)
xá (soberano do Irã)

cheque (ordem de pagamento)
xeque (lance do jogo de xadrez)

concertar (ajustar, combinar)
consertar (corrigir, reparar)

coser (costurar)
cozer (preparar alimentos)

esperto (inteligente, perspicaz)
experto (experiente, perito)

espiar (observar, espionar)
expiar (reparar falta mediante cumprimento de pena)

estrato (camada)
extrato (o que se extrai de)

flagrante (evidente)
fragrante (perfumado)

incerto (não certo, impreciso)
inserto (introduzido, inserido)

incipiente (principiante)
insipiente (ignorante)

ruço (pardacento, grisalho)
russo (natural da Rússia)

tachar (atribuir defeito a)
taxar (fixar taxa)

acender (pôr fogo)
ascender (subir)

acento (símbolo gráfico)
assento (lugar em que se senta)

apreçar (ajustar o preço)
apressar (formar rápido)

bucho (estômago)
buxo (arbusto)

caçar (perseguir animais)
cassar (tornar sem efeito)

cela (pequeno quarto)
sela (arreio)

censo (recenseamento)
senso (entendimento, juízo)

Homônimos Homógrafos
São palavras que têm grafia igual e significação diferente; devemos notar que as vogais podem ter som diferente, bem como pode ser diferente o acento da palavra. Sendo que se escrevam com as mesmas letras e tenham significação diferente.
Ex.:
sede(residência) – sede (vontade de beber água)
cará (planta) – cara (rosto)
sabia (verbo saber) – sabiá (pássaro) – sábia (feminino de sábio)
Nota: As palavras podem ser ao mesmo tempo homônimos homófonos e homônimos homógrafos
Ex.:
mato (bosque) – mato (verbo)
livre (solto) – livre (verbo livrar)
rio (verbo rir) – rio (curso de água natural)
amo (verbo amar) – amo (servo)
canto (ângulo) – canto (verbo cantar)
fui (verbo ser) – fui (verbo ir)

Parônimos

São palavras de significação diferente, mas de forma parecida ou semelhante.
Ex.:
recrear (divertir, alegrar)
recriar (criar novamente)

sortir (abastecer)
surtir (produzir efeito)

tráfego (trânsito)
tráfico (comércio ilegal)

vadear (atravessar a vau)
vadiar (andar ociosamente)

vultoso (volumoso)
vultuoso (atacado de congestão na face)

imergir (afundar)
emergir (vir à tona)

inflação (alta dos preços)
infração (violação)

infligir (aplicar pena)
infringir (violar, desrespeitar)

mandado (ordem judicial)
mandato (procuração)

ratificar (confirmar)
retificar (corrigir)

emigrar (deixar um país)
imigrar (entrar num país)

eminente (elevado)
iminente (prestes a ocorrer)

esbaforido (ofegante, apressado)
espavorido (apavorado)

estada (permanência de pessoas)
estadia (permanência de veículos)

fusível (o que funde)
fuzil (arma)

absolver (perdoar, inocentar)
absorver (sorver, aspirar)

arrear (pôr arreios)
arriar (descer, cair)

cavaleiro (que cavalga)
cavalheiro (homem cortês)

comprimento (extensão)
cumprimento (saudação)

descrição (ato de descrever)
discrição (reserva, prudência)

descriminar (tirar a culpa, inocentar)
discriminar (distinguir)

despensa (onde se guardam mantimentos)
dispensa (ato de dispensar)

Formas Variantes

Há palavras que podem ser grafadas de duas maneiras, sendo ambas aceitas em Português pela norma de língua culta.
Ex.: contacto;  caracter;  óptica;  secção;  cota;  catorze;  cociente;  cotidiano; contato;  caráter;  ótica;  seção;  quota;  quatorze;  quociente;  quotidiano.

Revisão de Literatura: Significação

Publicado em:Literatura,Matérias,Revisão Online

Você pode gostar também