Menu fechado
História da Química Tabela Periódica Vestibular1

Revisão de Química: História da Química Tabela Periódica

Química: História da Química Tabela Periódica

Resumão – Revisão da Matéria de Química – Revisando seus conhecimentos
Química: História da Química Tabela Periódica

 

História da Química Tabela Periódica

Tabela periódica

Em 1860, realizou-se em Karlsruhe, Alemanha, o primeiro congresso químico internacional, numa tentativa de solucionar a confusão reinante na teoria química, especialmente com relação aos pesos químicos.
O italiano Stanislao Cannizzaro exumou a hipótese de Avogadro e demonstrou como os átomos e moléculas podiam distinguir-se entre si.

A verificação dos verdadeiros pesos atômicos e moleculares possibilitou a complementação de estudos anteriores para classificação das propriedades dos elementos em termos de seus pesos atômicos. Dmitri Mendeleev e Lothar Meyer propuseram versões de tabelas periódicas, e Mendeleev previu a existência e propriedades de três elementos até então desconhecidos.

A descoberta posterior desses elementos (gálio, em 1875; escândio, em 1879; e germânio, em 1886), de acordo com as previsões, faz com que a lei de periodicidade fosse universalmente aceita e deu aos químicos uma generalização sistemática sobre a qual basearam sua ciência.

A química do século XIX conseguiu ainda duas descobertas de importância transcendental: as técnicas de espectrografia, devidas a Robert Bunsen e Gustav Kirchhoff em 1859, que permitem deduzir a composição das substâncias segundo a energia absorvida por seus átomos a diferentes frequências características de luz; e a tabela periódica dos elementos químicos, criada independentemente por Dmitri Mendeleev e Julius Lothar Meyer, que criou uma classificação estruturada de todas as classes de átomos conhecidas e ainda não descobertas, de cuja simples análise se podem extrair conclusões sobre a composição atômica e as propriedades físicas e químicas de cada elemento.

 

História da Química Tabela Periódica – Século XX

O desenvolvimento da química ao longo do século XX apoiou-se na confirmação experimental da teoria atômica, em estreita conexão com os avanços da física.
Comprovou-se a existência de partículas subatômicas, Ernest Rutherford e Niels Bohr elaboraram modelos atômicos, e Max Planck lançou os fundamentos da mecânica quântica.

A explosão tecnológica e industrial do século XX, como consequência de avanços científicos acelerados, deu origem ao nascimento das grandes indústrias químicas.

A química médica e farmacêutica e a química de polímeros (plásticos, fibras, derivados do petróleo etc.) experimentaram um desenvolvimento espetacular na segunda metade do século e influíram diretamente sobre os hábitos sociais com o lançamento no mercado de consumo de inovadores utensílios fabricados com diversos materiais e a universalização da distribuição de medicamentos e outros produtos terapêuticos.

Além disso, outros numerosos aspectos da vida cotidiana, como a alimentação, a agricultura e o tratamento de combustíveis ganharam novos enfoques paralelamente às descobertas de uma ciência em contínua evolução.

Continuar estudando História da Química:
Classificação da Química
História da Química Alquimia
História da Química Científica e Composição Química
História da Química Princípios fundamentais
História Química Nomenclatura Equipamento de laboratório

Revisão de Química: História da Química Tabela Periódica

Publicado em:Química

Você pode gostar também