Política Neoliberal - Vestibular1

Política Neoliberal

Revisão de Atualidades: Política Neoliberal

 

Atualidades: Política Neoliberal

Resumão – Revisão da Matéria de Atualidades – Revisando seus conhecimentos
Atualidades: Política Neoliberal

Revisão de Atualidades: Política Neoliberal

 

Política Neoliberal

Sob o Signo do Progresso Técnico

“Até o advento da primeira Revolução Industrial do século XVIII, o mundo era constituído de realidades regionais as mais diversas, as sociedades se distribuíram na sua infinita diversidade”. O advento da tecnologia industrial passa a unificar espaços área a área, de modo que o espaço vai se padronizando em prejuízo da diversidade da natureza e do homem, suprimindo a biodiversidade.

Com a Segunda Revolução Industrial da virada dos séculos XIX, XX esta uniformização atinge a escala planetária.
Em menos de um século, o mundo é então a globalização da produção, dos mercados e das culturas que suprime as antigas regionalidades e a identidade cultural das suas civilizações, acarretando a desarrumação socioambiental conhecida.

O espaço é a comunidade nascida da interligação do que originalmente é diverso num só único todo. Por isso que toda unidade espacial mostra um quadro de tensão. Esta tensão é mais forte nas sociedades modernas, uma vez que a diversidade é padronizada numa uniformidade espacial imposta pela técnica. Tensão que hoje atinge a escala do mundo. Por isso que a globalização vem acompanhada da fragmentação do mundo.

É a diversidade a culturas reagindo contra a uniformidade técnica planetarizada. Um conflito entre multiculturalismo e uniformitarismo técnico.
Primeiro foi a reação da biodiversidade ecossistêmica (na forma da desarrumação ambiental do planeta), agora, é a reação da homodiversidade (na forma de explosão dos separatismos).
Ruy Moreira

A globalização: a mundialização do capitalismo

Fatos históricos marcantes ocorridos entre o final da década de 1980 e o início da de 1990 determinaram um processo de rápidas mudanças políticas e econômicas no mundo. Até mesmo os analistas e cientistas políticos internacionais foram surpreendidos pelos acontecimentos:
• A queda do Muro de Berlim em 1989;
• Fim da Guerra Fria;
• Fim do Socialismo Real;
• A desintegração da União Soviética, em dezembro de 1991, e seu desdobramento em novos Estados Soberanos (Ucrânia, Rússia, Lituânia etc.);
• A formação de blocos econômicos regionais (União Europeia, Nafta, Mercosul, etc.);
• Grande crescimento econômico de alguns países asiáticos (Japão, Taiwan, China, Hong-kong, Cingapura), levando a crer que constituirão a região mais rica do século XXI;
• Fortalecimento do capitalismo em sua atual forma, ou seja, o neoliberalismo;
• Grandes desenvolvimentos científicos e tecnológicos ou Terceira Revolução Industrial ou Tecnológica.

O cenário internacional do início dos anos 90 foi marcado pela crescente hegemonia do ideário neoliberal como modelo de ajuste estrutural das economias e pela afirmação do domínio político e militar dos EUA, com o fim da Guerra Fria e o colapso do chamado socialismo real no Leste Europeu e na antiga URSS.

Esse movimento foi acompanhado pela evolução de novos conceitos no mundo do trabalho (qualidade, produtividade, terceirização, reengenharia, etc.), como resultado do desenvolvimento e da introdução de novas tecnologias na produção e na administração empresarial, com agravamento da exclusão social e crescimento da apropriação de riquezas do sul pelos países do norte.

A deterioração social nos países em desenvolvimento e as políticas protecionistas e excludentes dos países de capitalismo avançado têm levado à instabilidade política, em particular nos países do leste europeu, da antiga URSS e da África.

Leia também: Neoliberalismo

Revisão de Atualidades: Política Neoliberal

Vestibular1

O melhor site para o Enem e de Vestibular é o Vestibular1. Revisão de matérias de qualidade e dicas de estudos especiais para você aproveitar o melhor da vida estudantil. Todo apoio que você precisa em um só lugar!

Deixe uma resposta