Menu fechado
Povos da Antiguidade Revisão de História Vestibular1

Revisão de História: Povos da Antiguidade

 

História: Povos da Antiguidade

Resumão – Revisão da Matéria de História – Revisando seus conhecimentos
História: Povos da Antiguidade

Revisão de História: Povos da Antiguidade

 

Povos da antiguidade

Povos da Antiguidade: Acádios

De origem semita, chegaram ao norte da Mesopotâmia por volta de 2400 a.C. Sargão liderou-os na conquista das cidades-estados sumérias, formando o Primeiro Império Babilônico. O Estado era centralizado e monárquico. Transcreveram as obras literárias sumérias e construíram palácios e outras obras monumentais. Eram politeístas.

 

Povos da Antiguidade:: Assírios

O Império Assírio durou por volta de 1300 a.C. e foram dominados em meados de 2300 a.C. Apesar de ter um impressionante legado artístico, principalmente em sua capital (Nínive), os assírios ficaram conhecidos mais pela crueldade de seus ataques. Os reis assírios acreditavam que seu governo teria que ser mais cruel com o inimigo de povos dominados do que o de seu antecessor.

Isso causou verdadeiras atrocidades onde as que parecem piores são as do rei Assurbanípal e posteriormente, a revolta de outros povos e a derrota dos assírios. Como os sumérios, desenvolveram a astronomia e a matemática e eram politeístas.

Povos da Antiguidade: Caldeus

Os caldeus habitavam a cidade de Babilônia durante o período de domínio assírio. Em 600 a.C. eles revoltaram-se com as atrocidades assírias e formando ma aliança com os medos, derrotando assim, o Império Assírio. A partir daí, os Caldeus dominaram boa parte do “crescente fértil” e os presos de guerra transformaram-se em escravos.

O principal rei Caldeu foi Nabucodonosor que entre outras coisas ordenou a criação dos Jardins Suspensos da Babilônia. Como os Caldeus acreditavam que não seriam derrotados por ninguém, não notaram o crescimento persa que os dominou por volta de 559 a.c

 

Povos da Antiguidade: Fenícios

Os fenícios ocupavam uma área que hoje corresponde ao Líbano. Como a agricultura era muito restrita pela escassez de terras aráveis eles tiveram que desenvolver outras atividades econômicas, no caso, o comércio. Utilizando o cedro, abundante nas encostas das montanhas, e desenvolvendo o artesanato comercial, eles rapidamente dominaram o mediterrâneo fundando até entrepostos comerciais como Cádiz e Cartago. Os fenícios organizavam-se em cidades-estados.

A hegemonia entre elas foi conquistada inicialmente por Biblos, em 2500 a.C. Posteriormente, Sidon e Tiro também tiveram períodos na hegemonia. A aristocracia (grandes comerciantes) controlava as cidades-estados, que eram habitadas ainda por marinheiros, mercenários, artesãos e escravos. A religião fenícia era politeísta e cada cidade-estado possuía seu protetor.

O sacrifício humano, principalmente de crianças, era comum. Apesar de terem criado o alfabeto fonético não desenvolveram a literatura nem outras manifestações artísticas. Também foram eles revolucionaram as embarcações possibilitando viagens navais mais longas. Há teorias que dizem que os fenícios podem ter feito uma viagem de circunavegação da África e chegado a América.

 

Povos da Antiguidade: Hititas

Povo Nômade vindo do Cáucaso que se estabeleceram-se na Capadócia em 1640 a.C. Promoveram uma expansão territorial em direção à Síria, à Babilônia e ao Egito até que foram dominados pelos gregos (aqueus) em 1200 a.C.

Suas principais atividades econômicas foram a agricultura o artesanato, a mineração (de ferro principalmente) e o comércio. O trabalho era feito por servos e escravos e os ricos comerciantes e nobres gerenciavam os negócios do Estado.

O sistema de governo era uma monarquia hereditária, onde o rei centralizava as funções de líder político, religioso, militar e político. Criaram uma escrita cuneiforme, eram politeístas e possuíam um código de leis bastante organizado que previa penas de prisão, multas e até escravização.

 

Povos da Antiguidade: Sumérios

Os sumérios chegaram a Mesopotâmia por volta de 3500 a. C. e foram dominados em meados de 2300 a.C. Sua organização era baseada nas cidades-estados, sendo as principais Ur e Lagash. Eles foram importantíssimos, pois foram eles que implantaram a agricultura e a irrigação na Mesopotâmia.

Com seu crescimento, os sumérios logo inventaram a escrita cuneiforme para melhor administrar o Estado, além de ter desenvolvido a astronomia e a matemática. Sua religião era politeísta.

Revisão de História: Povos da Antiguidade

Publicado em:História,Matérias,Revisão Online

Você pode gostar também