Menu fechado
Regência Verbal 2 Revisão de Português por Vestibular1

Revisão de Português: Regência Verbal 2

 

Português: Regência Verbal 2

Resumão – Revisão da Matéria de Português – Revisando seus conhecimentos
Português: Regência Verbal 2

Revisão de Português: Regência Verbal 2

 

Regência Verbal 2

Esquecer
Transitivo direto: Esqueci as chaves do carro no escritório.
Transitivo indireto – quando é pronominal: Não nos esqueceríamos de ti.
Obs. – antes de infinitivo, pode-se omitir o pronome: Esquecemos de comprar o jornal.
Construção clássica – transitivo indireto, sendo o sujeito aquilo que se esquece de e o objeto indireto a pessoa que esquece: Nunca me esqueceu a tua voz.

Gostar
= estimar (pronominal) – intransitivo: Gostam-se há muito tempo.
= experimentar – transitivo direto: Apenas gostou a bebida, sentiu-se mal.
= ter afeição, achar saboroso, aprovar – transitivo indireto: Ele gosta de você.

Informar
= dar notícias – intransitivo: Os jornais informam.
= instruir – transitivo direto: Os livros informam os alunos.
= inteirar-se (pronominal) – transitivo indireto: Informei-me dos fatos.
Obs. – quando há dois objetos indiretos, emprega-se a preposição de para coisa e a preposição com para pessoa: Informaram-se do acidente com o porteiro.
= dar notícia ou informação – transitivo direto e indireto com objeto direto para pessoa e objeto indireto para coisa (preposição de), ou vice-versa (preposição a): Informaremos os alunos do dia da prova.

Lembrar
Transitivo direto: Ela lembrou os dias felizes de sua vida.
Transitivo indireto – quando é pronominal: Lembrem-se de nós!
Obs. – antes de infinitivo, pode-se omitir o pronome: Sempre se lembras de dizer obrigado?
Construção clássica – transitivo indireto, sendo o sujeito aquilo que se lembra e o objeto indireto a pessoa que lembra: Não me lembra a data de teu aniversário.
Transitivo direto e indireto: Lembrei a eles o compromisso.

Obedecer
Intransitivo: Eles são crianças que obedecem.
Transitivo indireto: Ele obedece ao pai.
Obs. – embora transitivo indireto, pode ser empregado na voz passiva: O pai é obedecido por ele.

Pagar
Transitivo indireto: Pague ao vendedor.
Transitivo direto e indireto com objeto direto para coisa e objeto indireto para pessoa: Pague o livro ao vendedor.

Pensar
= formar pensamentos – intransitivo: Penso, logo existo.
= imaginar, aplicar curativos a – transitivo direto: Pensei que ela chegasse hoje.
= tencionar, lembrar-se – transitivo indireto: Mauro pensa em viajar.

Perdoar
Transitivo direto e indireto com objeto direto para coisa e objeto indireto para pessoa: Perdoaram a dívida ao amigo.
Obs. – embora seja transitivo indireto para complemento de pessoa, pode ser empregado na voz passiva: Ele será perdoado pelo pai.

Precisar
= indicar com precisão – transitivo direto: O chefe precisou a hora da reunião.
= necessitar – transitivo indireto: Eles precisam de ajuda.

Preferir
Transitivo direto e indireto (preferir uma coisa a outra): Prefiro peras a bananas.
Obs. – é incorreto dizer “preferir mais”, “preferir mil vezes”, etc.

Querer
= desejar – transitivo direto: Os meninos querem chocolate.
= amar – transitivo indireto: Quero muito a todos vocês.

Visar
= pôr o sinal de visto em, mirar – transitivo direto: O gerente visou o recibo.
= objetivar – transitivo indireto: Ela visa ao cargo de diretora.
Obs. – quando transitivo indireto, deve-se usar “a ele(s)”, “a ela(s)” em vez de lhe, lhes:
Queres este prêmio? É a ele que visas?

Voltar a estudar Revisão de Português: Regência Verbal – parte UM

Veja também:
Dicas de Regência Verbal
Regência Verbal Colocação Pronominal
Principais Regras da Regência Verbal

Revisão de Português: Regência Verbal 2

Publicado em:Matérias,Português,Revisão Online

Você pode gostar também