Menu fechado
Sintaxe Período Composto Revisão de Português no Vestibular1

Revisão de Português: Sintaxe Período Composto

 

Português: Sintaxe Período Composto

Resumão – Revisão da Matéria de Português – Revisando seus conhecimentos
Português: Sintaxe Período Composto

Revisão de Português: Sintaxe Período Composto

 

Sintaxe Período Composto

Coordenação

As orações coordenadas dividem-se em:
I. Assindéticas – as que não estão ligadas por conjunção: O professor falava, os alunos ouviam.
II. Sindéticas – as que são introduzidas por conjunções coordenativas; podem ser:
» Aditivas – apresentam soma de ideias: Ele fala e dança.
» Adversativas – apresentam oposição de ideias: O jovem está contente, mas não tem nenhum motivo especial.
» Alternativas – apresentam alternância ou exclusão de ideias: Ele estuda ou ele trabalha?
» Conclusivas – apresentam conclusão de um raciocínio: Ele é bondoso, logo todos o estimam.
» Explicativas – apresentam justificativa à ideia anterior: Ele vencerá na vida, pois é um lutador.

 

Subordinação

As orações subordinadas dividem-se em:
• Principais – as que guardam o sentido principal do período: Maria não disse se viria hoje.

• Subordinadas – as que representam termos da principal; podem ser:
– Substantivas – são as que têm valor de substantivo (são introduzidas por conjunções subordinativas integrantes); classificam-se conforme a função que exercem:
a) Subjetiva – exerce a função de sujeito: Parece que ele saiu.
b) Predicativa – exerce a função de predicativo: O melhor seria que ele estudasse.
c) Objetiva direta – exerce a função de objeto direto: Desejo que sejas feliz.
d) Objetiva indireta – exerce a função de objeto indireto: Insisto em que digam a verdade.
e) Completiva nominal – exerce a função de complemento nominal: Ele tem certeza de que o amamos.
f) Apositiva – exerce a função de aposto: Peço-lhe um favor: que não nos abandone.

– Adjetivas – as que têm valor de adjetivo e exercem a função de adjunto adnominal (são introduzidas por pronomes relativos); podem ser:
a) Restritiva – são as que individualizam a ideia expressa pela principal: Chame o menino que chegou.
b) Explicativa – a que acrescenta algo à ideia expressa pela principal: Visitei meus tios, que vieram de Roma.

– Adverbiais – são as que têm valor de advérbio e exercem a função de adjunto adverbial e exercem a função de adjunto adverbial (são introduzidas por conjunções subordinativas adverbiais); podem ser:
a) Causal – indica causa: Eles não foram ao clube porque estavam cansados.
b) Comparativa – indica comparação: Ele é tão inteligente quanto vocês são.
c) Concessiva – indica concessão: Trabalhamos até tarde, embora fosse feriado.
d) Condicional – indica condição: Se ele pudesse, compraria este carro.
e) Conformativa – indica conformidade ou modo: José nos ajudou, conforme prometera.
f) Consecutiva – indica consequência: Ele é tão generoso que nos comove.
g) Final – indica finalidade: Não fizemos barulho, a fim de não acordá-los.
h) Proporcional – indica proporção: À proporção que anoitecia, o frio aumentava.
i) Temporal – indica tempo: Falarei com você quando voltar.

Estude na sequência:
Sintaxe Sintaxe Frase, Oração e Período
Sintaxe Termos da oração Sujeito
Sintaxe Orações Reduzidas
Sintaxe Concordância Nominal

Revisão de Português: Sintaxe Período Composto

Publicado em:Matérias,Português,Revisão Online

Você pode gostar também