Arquivos A Cultura Chinesa - Vestibular1

A Cultura Chinesa

Revisão de História: A Cultura Chinesa. Algumas espécies humanas primitivas viveram na China antes do início da civilização chinesa. Aí viveu o homem de Pequim, há cerca de 375 mil anos. Muitos cientistas acreditam que o homem de Pequim tenha sido o ancestral de alguns povos asiáticos, inclusive do povo chinês.

Quero ver

A Cultura Chinesa e A Dinastia Manchu

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Dinastia Manchu. Os manchus invadiram o norte da China em 1644 e derrotaram a dinastia Ming. Estabeleceram a dinastia Manchu e governaram até 1912. Durante a maior parte dos 150 primeiros anos de governo da dinastia Manchu, a China permaneceu isolada do mundo ocidental. Os manchus obrigaram os comerciantes e missionários europeus a sair do país.

Quero ver

A Cultura Chinesa e Rebeliões na China

Revisão de História: A Cultura Chinesa e Rebeliões na China. Houve diversas rebeliões entre o povo chinês. Uma das mais importantes, a Rebelião de Tai-Ping, durou de 1850 a 1864. Inicialmente motivada por questões religiosas, ela acabou adquirindo uma conotação nacionalista contra a submissão da China às potências imperialistas, quase derrubando a dinastia Manchu. Milhões de chineses morreram antes que os manchus controlassem a revolta.

Quero ver

A Cultura Chinesa e A Primeira Guerra Mundial

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Primeira Guerra Mundial. A China não teve uma participação ativa na Primeira Guerra Mundial, embora tenha ficado ao lado da Tríplice Entente em 1917. A Alemanha tinha direitos ferroviários e de mineração na China, e os navios alemães usavam os portos chineses. O Japão fez acordos secretos com a França e com outros Aliados, e apossou-se das propriedades alemãs e de partes da província de Chan-Tung.

Quero ver

A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Segunda Guerra Mundial. Depois de conquistar as regiões mais ricas da China, o Japão deu continuidade à sua expansão. Em 7 de dezembro de 1941, o Japão atacou a base da frota naval do pacífico em Pearl Harbor, no Havaí. No dia seguinte, a China declarou guerra à Alemanha e à Itália e reuniu-se aos Aliados na Segunda Guerra Mundial.

Quero ver

A Cultura Chinesa e A República Popular da China

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A República Popular da China. Depois de 22 anos de guerra civil, com breves interrupções, o Exército de Libertação Popular, liderado por Mao Tsé-Tung, finalmente saiu vitorioso. Em 1° de outubro de 1949, foi proclamada a República Popular da China.

Quero ver

A Cultura Chinesa e A Ação Militar

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Ação Militar. Em outubro de 1950, tropas do Exército de Libertação Popular invadiram e ocuparam o Tibete, que se tornou uma região autônoma da China em 1965. Em outubro, as tropas do Exército de Libertação Popular aliaram-se aos norte-coreanos que lutavam contra as forças da Organização das Nações Unidas, na Coréia. A China também ajudou os comunistas da Indochina a lutar contra os franceses.

Quero ver

A Cultura Chinesa e A Revolução Cultural

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Revolução Cultural. Diante do fracasso do Grande Salto à Frente, Mao Tsé-Tung buscou consolidar sua posição, dando início em 1966 à Revolução Cultural, um movimento que ocasionou a expulsão de seus opositores do PCC e do Estado. Mas a Revolução Cultural acabou por agravar a crise econômica provocada pelo Grande Salto à Frente.

Quero ver

A Cultura Chinesa e A Morte de Mao Tsé-Tung

Revisão de História: A Cultura Chinesa e A Morte de Mao Tsé-Tung. Em janeiro de 1976, o primeiro-ministro Chou En-Lai faleceu. Com isso, a China perdeu o seu mais habilidoso diplomata e o PCC, o seu arguto conciliador das várias facções internas. Em setembro, foi a vez de Mao Tsé-Tung falecer aos 83 anos. A morte de Mao Tsé-Tung deu início a uma nova fase na disputa pelo poder dentro do PCC.

Quero ver

A Cultura Chinesa e O Massacre da Praça da Paz Celestial

Revisão de História: A Cultura Chinesa e O Massacre da Praça da Paz Celestial. Ao longo da década de 1980, as reformas econômicas e a abertura ao exterior começaram a surtir efeito – alguns indesejáveis para o PCC. A economia da China cresceu a uma taxa média de 9% ao ano ao longo da década de 1980. A província de Guangdong foi a campeã desse crescimento.

Quero ver

A Cultura Chinesa e Made in China

Revisão de História: A Cultura Chinesa e Made in China. Depois que passou o mal-estar provocado pela repressão aos estudantes, os negócios retomaram o seu curso normal na China. Isso ficou bastante claro no fluxo de investimentos que passou a ter o país como destino, além do grande número de empresas transnacionais

Quero ver