Arquivos poeta - Vestibular1

Édipo Rei de Sófocles

Édipo Rei de Sófocles. A estória começa quando Édipo, príncipe de Corinto, é insultado por um bêbado, que o acusa de ser filho ilegítimo do Rei Políbios. Embora Políbios procure tranquilizar Édipo, o príncipe, perturbado, recorre ao Oráculo de Píton, mais tarde conhecido como Delfos.

Quero ver

Biografia Augusto dos Anjos

Biografia Augusto dos Anjos

Quero ver

Fábula de Anfion de João Cabral de Melo Neto

Fábula de Anfion de João Cabral de Melo Neto, o final do poema o acaso vai frustrar o projeto de Anfion (depuração, mineralização dos objetos), por aparecer inexplicavelmente com toda uma vitalidade biológica. É uma força instintiva e anárquica que rompe com a aridez da vida ascética perseguida pelo poeta.

Quero ver

Simbolismo Origens e Características

Revisão de Literatura: Simbolismo Origens e Características. Origens do Simbolismo. O Simbolismo configurou-se como doutrina na França, graças a poetas e doutrinadores do porte de Bandelaire, Riambauol e Mallarmé, mas seus percussores encontraram-se na literatura anglo-germânica. E aquilo que entre os franceses, no Simbolismo, se traduzia por novos temas e por uma subjetividade que controlava emoções, já era patente entre os românticos ingleses.

Quero ver

Os Lusíadas de Luís Vaz de Camões III

Os Lusíadas de Luís Vaz de Camões III. As filhas daquela região choraram a morte de Inês por longo tempo e suas lágrimas transformaram-se em fonte; o nome dado, que até hoje dura, foi “Dos amores de Inês”, ali acontecidos. O poeta termina concluindo com uma contradição: Vede que fresca é a fonte regando as flores, mas feita com lágrimas e cujo nome é Amores!

Quero ver

Auto da Barca do Inferno

Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente. Auto da Barca do Inferno é um auto onde, o barqueiro do inferno e o do céu esperam à margem os condenados e os agraciados. Os que morrem chegam e são acusados pelo Diabo, mas apenas o Anjo poderá ou não absolvê-los.

Quero ver

Falenas de Machado de Assis

Falenas de Machado de Assis. À semelhança de Crisálidas, também esta é a segunda redação pública de um texto de poesias de Machado de Assis. Falenas, segundo livro do poeta Machado de Assis, foi publicado em 1870 e teve alguns de seus poemas republicados nas Poesias completas, no início do século, com muitas alterações.

Quero ver

Literatura Brasileira

Revisão de Literatura: Literatura Brasileira. A literatura brasileira é variada em estilos e tendências. A abordagem da realidade do país se consolidou com o movimento modernista ocorrido em 1922, no estado de São Paulo.

Quero ver

Os Lusíadas de Camões Episódio O Velho do Restelo

Os Lusíadas de Camões Episódio O Velho do Restelo O discurso do Velho contém uma condenação enfática da guerra, de acordo com o ponto de vista do Humanismo, que era antibelicista. Mas o Velho, como Camões, abre exceção (sob a forma de concessão) para a guerra na África (lembremos que o poeta, no início e no fim do poema, recomenda enfaticamente a D. Sebastião que embarque nessa aventura).

Quero ver

Barroco

Escola Literária Barroco. Tinha como principais características o constante uso de metáforas e (principalmente) antíteses, assim como outras figuras de linguagem que expressassem a visão conflituosa do mundo; havia também uma linguagem rebuscada.

Quero ver