Arquivos republica - Vestibular1

Revolução francesa Introdução e Processo Revolucionário

Revisão de História: Revolução francesa Introdução e Processo Revolucionário. A Revolução Francesa é um dos grandes acontecimentos históricos que marcaram a superação do Feudalismo pelo Capitalismo. É tradicionalmente utilizada para assinalar

Quero ver

Isso vai cair no Vestibular!

Isso vai cair no Vestibular! Vestibular1 levando sua revisão nos estudos a sério. Saiba o que mais cae nas provas de vestibular, Os assuntos e matérias mais exigidas nos exames dos processos seletivos de vestibular, lembrando que também existe grande probabilidade de também cair no Enem, por serem matérias recorrentes e conteúdos relevantes do ensino médio.

Quero ver

História do Brasil

Revisão de História: História do Brasil. A Revolução de 1930. “Problema de salário é caso de polícia”: esta frase do Presidente Washington Luiz ilustra bem a visão das oligarquias agrárias sobre as questões sociais. “Façamos a revolução antes que o povo a faça”, clamor do governador mineiro Antônio Carlos prenunciando o fim da 1ª República.

Quero ver

História do Brasil A Confederação do Equador

Revisão de História: História do Brasil A Confederação do Equador. Em 1824, Pernambuco, com o apoio de varias províncias do nordeste, levanta-se contra a monarquia e promove uma revolução que chega até a proclamar a Republica, com o nome de Confederação do Equador.

Quero ver

História do Brasil Canudos

Revisão de História: História do Brasil Canudos. A derrota da terceira expedição, enviada pelo governo federal, e a morte do coronel Moreira César abalaram o país. Era preciso encontrar uma justificativa para explicar tamanho desastre. Era impossível que aqueles “fanáticos” guiados por um “louco” e sem receber ajuda de ninguém tivessem derrotado as tropas do exército comandadas por um famoso oficial como Moreira César.

Quero ver

Brasil Primeiro Reinado

Revisão de História: Brasil Primeiro Reinado. A primeira tarefa de D. Pedro primeiro foi consolidar a independência. No nordeste e no norte, militares e comerciantes portugueses lutavam contra o governo local. Sem exercito suficiente para combater os revoltosos, D. Pedro I contratou os serviços dos mercenários.

Quero ver