Arquivos Sagarana - Vestibular1

Produção literária Brasil Pós-Modernismo

Revisão de Literatura: Produção literária Brasil Pós-Modernismo. Principais autores e Obras Pós-Modernismo: Ariano Suassuna – (1927) Auto da compadecida; A pena e a lei; O santo e a porca (teatro) – Clarice Lispector (1925-1977) – Perto do coração Selvagem;

Quero ver

Literatura em Poesias

Literatura em Poesias Assimilar melhor a Literatura é o objetivo desta seção. Com a contribuição da Professora Maria José de Assim, temos abaixo composições que vai auxiliar você a recordar e ajuda a decorar, assimilando os Romances, Obras e períodos literários de forma espontânea e descomplicada, confira!

Quero ver

Manuelzão e Miguilim de João Guimarães Rosa I

Manuelzão e Miguilim de João Guimarães Rosa I. Campo Geral é uma novela narrada em terceira pessoa. A estória, entretanto, é filtrada pelo ponto de vista de Miguilim, uma criança de oito anos. Por essa razão, a visão de mundo apresentada pelo autor é organizada a partir desta expectativa: a vivência de um menino sensível e delicado, empenhado em compreender as pessoas e coisas que o cercam.

Quero ver

Sagarana de João Guimarães Rosa I

O narrador dos contos de Sagarana de João Guimarães Rosa I muitas vezes caracteriza como folclóricas as histórias que conta, inserindo nelas quadrinhas populares e dando-lhes um tom épico e/ou de histórias de fada.

Quero ver

Sagarana de João Guimarães Rosa II

Sagarana de João Guimarães Rosa II. “Sarapalha” : Este conto está na lista dos que menos Guimarães Rosa havia gostado. O seu título faz menção ao nome da região em que se passa a história. Era um lugar destinado ao abandono, pois havia sido dominado pela maleita.

Quero ver

Resumos de Livros 2

Resumos de Livros 2. Os livros de leitura obrigatória levam os alunos a conhecerem a nossa literatura. São Resumos de Livros clássicos da literatura brasileira. Muitos a encaram como um martírio, mas longe disso, a leitura dos livros fazem com que os estudantes conheçam nossa cultura, nosso povo e acima de tudo a nossa língua.

Quero ver

Sagarana O Burrinho Pedrês

Sagarana O Burrinho Pedrês. Primeiro conto de Sagarana, livro que em 1946 marcou a estréia de Guimarães Rosa em nossa literatura (o autor já vinha publicando seus textos na revista O Cruzeiro desde 1929. Mas Sagarana foi sua primeira obra em livro), destaca-se por expor de forma nítida toda a inventividade do autor no trato com a linguagem literária.

Quero ver

A Hora e a Vez de Augusto Matraga

A Hora e a Vez de Augusto Matraga. É correto notar semelhanças na fidelidade de descrição dos costumes sertanejos, como havia no Romantismo, principalmente em Inocência, de Visconde de Taunay. No entanto, as semelhanças param por aí.

Quero ver

Biografia Guimarães Rosa

Biografia Guimarães Rosa, a este homem extraordinário, personalidade em que se combinavam qualidades tão diversas, Carlos Drummond de Andrade dedicou o poema Um chamado João

Quero ver

Conversa de Bois de João Guimarães Rosa

Conversa de Bois de João Guimarães Rosa. O conto Conversa de Bois de João Guimarães Rosa está inserido entre aqueles que compõem o primeiro livro do autor: é o penúltimo entre os nove contos que se encontram em SAGARANA, livro publicado em 1946.

Quero ver

Grande Sertão Veredas II

Grande Sertão Veredas de Guimarães Rosa. Diadorim representa o amor impossível, proibido. Ao mesmo tempo em que se mostra bastante sensível com uma bela paisagem, é capaz de matar a sangue frio. É ela que causa grande conflito em Riobaldo , sendo objeto de desejo e repulsa (por conta de sua pseudo identidade).

Quero ver