Menu fechado
Dúvida de Estudo Dê adeus ao estresse, dúvida respondida

Dúvida de Estudo Dê adeus ao estresse

A gente passa todas essas dicas para que o vestibulando tenha autoconfiança e para que descubra qual é o melhor jeito para ele estudar.

Dúvida de Estudo Dê adeus ao estresse:

Fiz o teste de ansiedade e deu alto. Acho que estou estressado, qual o conselho que vocês poderiam dar para mim ou para outros vestibulandos que sentem o mesmo problema?

 

Resposta de sua  Dúvida de Estudo Dê adeus ao estresse

Saiba como manter a saúde física e mental neste momento de decisões

A hora do vestibular está chegando e, com ela, a preocupação de que não vai dar tempo de estudar tudo. Como consequência desta pressão, forma-se o quadro mais comum nesta época do ano: estudantes estressados.

Para solucionar este problema, psicoterapeutas corporal fazem acompanhamento de estudantes que sofrem com o estresse e dão dicas de como prevenir e enfrentar este mal.

Eles explicam que todos nós temos pontos de tensão espalhados pelo corpo e, nos vestibulandos, esses pontos costumam aparecer em determinadas áreas comuns. Cabeça, olhos, nuca, estômago e intestino são os que mais sofrem devido às pressões do vestibular.

Os sintomas mais comuns são dores de cabeça, vista embaralhada e falta de concentração – como não conseguir captar a ideia central de um texto, tendo que reler tudo desde o início.

Muitos estudantes também sofrem de dores na coluna, nas pernas e até dores de barriga, que podem impedi-los de ir bem na prova. Felizmente, todos esses fatores têm uma causa comum que pode facilmente ser combatida.

O apoio começa em casa

Vestibulando pode parecer encolhido dentro dos seus ombros ou andar de cabeça baixa, demonstrando uma postura de desistência. Esta aparência tem uma explicação. O vestibular é o primeiro momento de grande concorrência da vida. Na Universidade Federal do Paraná, por exemplo, a média de concorrência é de 144 mil candidatos para 4 mil vagas. Ficam de fora 140 mil alunos. Explicar para as pessoas que elas não são ruins porque podem não passar não é muito simples.

É nesta hora que os pais têm um papel fundamental. É importante apoiar a pessoa de maneira positiva, para que ela se sinta confiante o suficiente, acredite em si mesma e invista todo o seu potencial para estudar.

Segundo eles, a frase não vai passar não deve ser usada. Pois quando a gente põe algo no negativo aquilo vai trazendo para o estudante uma postura mais derrotista e dificuldades na hora do estudo. As palavras do pai ou da mãe causam um impacto muito importante e por isso devem ser sempre palavras de estímulo.

É preciso equilibrar

De acordo com os especialistas, outra coisa importante para essa etapa da vida é uma atividade física. Se não houver tempo para academias, é aconselhável uma caminhada. O importante é colocar o corpo em movimento, porque isso vai gerar mais energia.

Também são recomendadas algumas horas de lazer. Sair, dar uma volta e conversar com amigos não é pecado. É comum que os estudantes se sintam pressionados a estudar todas as horas do dia, mas é fundamental dar uma paradinha. Não se deve falar para o aluno se obrigar a sair. Isso porque se ele sai e a cabeça fica em casa, nos livros, não adianta nada.

Para que o vestibular não vire um bicho de sete cabeças, veja a fórmula: o vestibular com tranquilidade é a média entre horas de estudo, atividade física e um lazer saudável. Porém, o mais importante é estar 100% presente naquilo que estiver fazendo, seja estudando ou descansando.

Respeito ao corpo

Para acabar com os incômodos causados pelo estresse, é preciso respeitar o corpo e trabalhar dentro de seus limites. Uma boa dica é criar um cronograma de estudo, destinando tempo para estudar todas as matérias, fazer as revisões e dar aquela reforçadinha nas mais difíceis. Sem esquecer, é claro, das horas de descanso.

Outro ponto importante é a alimentação. Distúrbios de apetite nesta fase são muito comuns. O estudante não consegue comer, e aí falta energia para a hora da prova, ou come compulsivamente, e pode correr o risco de ter uma tremenda dor de barriga.

Para que isto não aconteça, deve-se ingerir muito líquido e ter uma alimentação balanceada. Para a semana da prova, o ideal são comidas leves. Para que o corpo contribua com o vestibulando, o estudante tem que contribuir com ele. O respeito ao corpo é devolvido na nota.

Para quem sofre de sono demais ou de insônia, o indicado é praticar exercícios físicos. Esta é uma excelente maneira de conseguir a energia necessária ou de gastar a que está sobrando. Alongamento também são importantes. Recomenda-se que a cada 50 minutos de estudo, o aluno faça 10 minutos de alongamento.

Por fim, o vestibulando não pode descuidar do descanso. O ideal são oito horas de sono, para que o corpo repouse o suficiente.

Não deixe de fazer ** FAÇA NOSSO TESTE DE ANSIEDADE **!

Seja capaz de entender o que lê, aumente sua capacidade de leitura! Progrida sua capacidade de leitura

Está pronto para fazer os simulados express? São 24 questões, não perca a oportunidade de testar seus conhecimentos.

Publicado em:Dúvidas

Você pode gostar também