Menu fechado
Estudo diário é a principal arma para se sair bem no Enem

Estudo diário é a principal arma para se sair bem no vestibular

Estudo diário é a principal arma para se sair bem no Enem

Professores fazem coro contra o estudo durante a madrugada, que na maioria das vezes acaba prejudicando o rendimento nas aulas do dia seguinte.

Criar uma programação diária de estudos de acordo com as necessidades e possibilidades é fundamental para um bom desempenho no vestibular. Esta é a opinião da maioria dos professores de colégios e cursos pré-vestibulares. Eles fazem coro contra o estudo durante a madrugada, que, segundo eles, na maioria das vezes acaba prejudicando o rendimento nas aulas do dia seguinte.

Para a professora de Física do Colégio Santa Mônica, Viviane Queiroz Lima, o primordial é evitar o acúmulo de matérias. Segundo ela, o aluno deve repassar, no mesmo dia, as aulas assistidas, refazendo os exercícios, principalmente das matérias que possuem muitos cálculos como matemática, física e química.

-O estudo diário é uma necessidade, mas o aluno não pode deixar de lado suas atividades sociais e de lazer, principalmente na véspera da prova. Estas ajudam a deixar a cabeça legal para os estudos. Praticar algum tipo de esporte também serve para relaxar e manter o corpo com boa disposição, afirma a professora.

Para a professora, o aluno que estuda na véspera e no dia da prova está mais predisposto a adquirir dúvidas que não poderão ser esclarecidas, aumentando ainda mais o nervosismo.

Para o professor Almir Nogueira do Valle, que dá aulas de matemática no MV1 há 25 anos, a dica principal para um vestibulando é estar focado nas provas dos anos anteriores das universidades que fará prova. Segundo ele, refazendo as questões dessas provas o candidato passa a se familiarizar com o estilo e o nível do concurso que será prestado. Outra dica que o professor dá é para que os alunos façam a prova com muita calma e concentração, dando muita importância a todas as questões.

-A Uerj vem nos mostrando, a cada ano, que uma questão apenas pode levar o aluno de uma nota ‘ A ‘ para um ‘ C’. O aluno deve acertar sempre, e para isso deve assistir às aulas com atenção, tirando sempre as dúvidas. Outra dica para não cometer erros é revisar as questões antes de entregar a prova, isso pode evitar erros de ortografia ou mesmo de conteúdo. As respostas devem ser o mais completas possíveis, sempre de acordo com o que se pede, alerta.

O professor também chama a atenção para a imaturidade dos vestibulandos, por isso, na sua opinião, muitos não são bem sucedidos no primeiro concurso e na maioria das vezes pelo nervosismo.

O estudo diário é um lema também dos alunos que hoje já ingressaram em uma faculdade. Para Tamires Lopes, de 19 anos, hoje cursando a faculdade de Design de Interiores, na Candido Mendes , o estudo diário é importante desde os primeiros anos na escola, com um a dedicação maior quando está próximo ao vestibular.

-Quando se chega ao ensino médio, o aluno deve começar a se preparar para o vestibular. Para isso, a escolha de um bom colégio é fundamental. Um cursinho também é uma boa opção para quem quer aprofundar mais o estudo, afirma Tamires, que concluiu o ensino médio no Colégio Marista São José, na Tijuca, no Rio de Janeiro.

A estudante também compartilha da tese dos professores de que estudar na véspera das provas é uma péssima ideia. Segundo ela, este dia deve ser tirado para o lazer, sem exageros, para reduzir o estresse do dia da prova.

– Estudar na véspera da prova jamais. O que tinha que aprender já aprendeu, só vai ajudar a piorar o nervosismo, afirma.

O dilema de quem precisa conciliar trabalho e estudo

Mas para quem trabalha durante o dia e assiste às aulas durante à noite, o estudo diário acaba ficando prejudicado. A dica da professora de história Marta Mascarenhas aos seus alunos do terceiro ano do ensino médio do colégio Estadual Pedro Álvares Cabral, em Copacabana, é reservar ao menos uma ou duas horas durante os fins de semana para se debruçar sobre os livros.

-Embora o nosso conteúdo de aula não seja voltado para o vestibular, nós montamos um grupo de estudos com os alunos que vão prestar concurso, utilizando provas de anos anteriores e estimulando a leitura de jornais e revistas, diz.

Ela destaca ainda que pega temas da atualidade, como a recente crise das bolsas norte-americanas e traça uma relação com a crise ocorrida em 1929, que segundo ela, é um dos temas cotados para os exames de história.

– Os alunos precisam saber interpretar as questões. Quem chegar na prova só com conteúdo não consegue atingir seu objetivo. Por isso as aulas são muito importantes. Como os nossos alunos que já chegam cansados à sala de aula, é preciso dar um estímulo e a multidiciplinalidade é uma maneira de integrar as matérias dinamizando as aulas, conclui.

Fonte: O GloboOnline

Confira Vestibulandos sofrem com a crise no ensino- Veja na seção!

ESPECIAL ENEM: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER!  Confira as provas e gabaritos.

Respostas das perguntas mais frequentes deste exame que avalia estudantes.

Não deixe de conhecer os Nossos Guias: de Como Escolher a Profissão, Planejamento do Tempo e Como Escolher onde Estudar. Tenha informações de carreiras, planejando o tempo e estudando no lugar certo! Exclusividade do Vestibular1.

Veja as tendências de carreirasProfissões Verdes – Saiba mais sobre Opção de carreira – Tirando dúvidas de última hora. Conheça os Tipos de Vestibulandos existentes! Em qual será que você vai se identificar?

Visite a nossa seção do Enem e saiba tudo sobre este exame!

 

 

Publicado em:Artigos

Você pode gostar também